Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

“São atletas prontos”, diz treinador sobre jogadores do Palmeiras campeões da Copinha

Treinador do Real Ariquemes viu de perto o desempenho da equipe campeã na primeira fase da competição
Publicidade

O técnico Odilon Júnior foi o comandante do Real Ariquemes na Copinha 2022. Da área destinada a ele, pôde observar a qualidade desempenhada pela equipe do Palmeiras no confronto diante do furacão do Vale do Jamari. Com show de Endrick, que à época, despontava na competição, o palestra venceu por 3 a 0. A qualidade resultou no primeiro título do alviverde na competição. Hoje, Odilon permanece na cidade do interior de Rondônia e analisou o time campeão a pedido do site.

– A equipe sub-20 do Palmeiras é uma equipe literalmente. Eles tem um coletivo muito bom. Uma equipe muito bem treinada pelo Paulo Victor (Gomes). Tem um modelo de jogo posicional, que atraem o adversário para pressioná-los e automaticamente criam uma descompactação defensiva do adversário. Isso combinado com uma transição ofensiva muito rápida, criando inúmeras situações de gol – analisa.

Publicidade

Endrick e Giovani durante a vitória do Palmeiras contra o Real Ariquemes na Copa São Paulo — Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Durante a competição, tiveram destaques nomes como Giovani e Gabriel Silva chamaram a atenção. O lateral Vanderlan, o volante Fabinho e o meia Pedro Bicalho também. Diante disso, Odilon não teve dúvidas: Tem condições de subir os jovens ao profissional.

– São atletas prontos. Cerca de 70% dos atletas, do Palmeiras têm potencial para servir o profissional e se desenvolver lá. Ainda mais tendo em vista que 13 atletas do elenco já atuaram no campeonato brasileiro nas últimas rodadas. Eu vejo o Giovanni, o Gabriel Silva, Pedro Bicalho e o Vanderlan prontos para atuar na equipe profissional. Eles têm uma maturidade acima da média para a idade – afirma.

Endrick Palmeiras x Santos final Copinha — Foto: Marcos Ribolli

Endrick, por sua vez é um capítulo a parte. Autor do primeiro gol da final diante do Santos, só contra o Real Ariquemes, o jogador marcou duas vezes. Dele inclusive, em sete jogos, foram seis gols marcados, entre eles a meia-bicicleta de fora da área que chamou atenção até da Fifa. Sobre o craque da Copinha, de Rondônia, Odilon Júnior é outro a pregar paciência para que a carreira do jogador siga ao estrelato.

– O Endrick é acima da média. É um atleta 2006. Porém não vejo como o momento ideal para subi-lo. Corre o risco de queimar etapas tanto na vida profissional com atleta e pessoal com adolescente, jovem que ele é. Têm que ter o cuidado para não estragar a carreira do garoto e lançar aos poucos – finaliza.

Hoje, um dia depois da decisão, se pergunta sobre o futuro dos atletas campeões. Em Ariquemes, seis dos jogadores que estiveram na Copa São Paulo de futebol júnior 2022 serão aproveitados de imediato no profissional. E, o técnico Odilon Júnior segue no Vale do Jamari em busca de recolocação no mercado. Pelo Real Ariquemes, o treinador alternou estadia no profissional e no júnior.

Com Odilon Júnior, o furacão do Vale do Jamari chegou à São Paulo com um retrospecto de 86,66% na base, sendo oito vitórias e dois empates, em 10 jogos no Campeonato Rondoniense Sub-20. Ainda na categoria, na Copinha, os comandados de Odilon ganharam por 5 a 1 do ASSU (RN), perderam para o Palmeiras por 3 a 0 e para o Água Santa por 2 a 1.

Anúncie no JH Notícias