Search
Close this search box.
Publicidade

CRIME BÁRBARO – Homem é condenado a 18 anos de prisão por matar Ari Uru-Eu-Wau-Wau

A condenação de João Carlos a 18 anos de prisão em regime inicialmente fechado reflete a gravidade do crime cometido
Publicidade

João Carlos da Silva, conhecido como Guiga, recebeu sua sentença nesta segunda-feira (15) após ser considerado culpado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Jaru pelo assassinato do professor e ambientalista Ari Uru-Eu-Wau-Wau. O crime hediondo, ocorrido em 18 de abril de 2020, chocou a comunidade local e trouxe à tona questões urgentes sobre segurança e proteção dos povos indígenas.

A condenação de João Carlos a 18 anos de prisão em regime inicialmente fechado reflete a gravidade do crime cometido. As provas apresentadas durante o julgamento foram contundentes, destacando-se áudios nos quais o réu fazia ameaças à família da vítima. A promotoria demonstrou de forma inequívoca a premeditação e a brutalidade do ato, enquanto a Defensoria Pública, responsável pela defesa do réu, argumentou que não havia provas suficientes para a condenação, sem sucesso diante da robustez do caso apresentado pelo Ministério Público.

Publicidade

O crime, segundo a sentença de pronúncia, foi caracterizado como sendo motivado por motivo fútil e executado de forma a impossibilitar qualquer reação por parte da vítima. Ari Uru-Eu-Wau-Wau foi morto de maneira cruel e covarde, arrastado com uma corrente até um veículo e posteriormente levado para outro local, com a suposta ajuda de um terceiro ainda não identificado pela investigação conduzida pela Polícia Federal.

O assassinato de Ari Uru-Eu-Wau-Wau é um triste lembrete das ameaças que os defensores dos direitos indígenas enfrentam diariamente, enquanto lutam pela preservação de suas terras e culturas. A comunidade espera que a condenação de João Carlos traga um semblante de justiça para a família e a comunidade do professor indígena e que sirva como um exemplo claro de que atos de violência contra os povos originários não serão tolerados pela sociedade.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias