Search
Close this search box.
Publicidade

Decretada prisão preventiva de agente penitenciário que atacou médico com ácido no Cemetron

Publicidade

Ainda na quarta-feira (6), foi decretada a prisão preventiva do agente penitenciário, Oziel Araújo Fernandes que tentou matar o médico, Gladson Siqueira no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (CEMETROM).

A delegada responsável pelo inquérito, Leisa Loma apurou que o crime foi premeditado e Oziel tramou o ataque contra a vítima, após descobrir uma relação extraconjugal de sua esposa com o homem.

Publicidade

Oziel atacou o médico usando uma pistola Ponto 40 e um frasco contendo ácido diluído. O líquido foi arremessado contra a vítima que ficou ferida e atacou o acusado e um comparsa a tiros.

As investigações apontam que a esposa de Oziel e Gladson tinha uma suposta relação no local de trabalho. O suspeito informou que foi ao local conversar com o médico, que estava assediado sua mulher.

Após o crime, Oziel se apresentou na delegacia com um forte esquema de segurança montado por colegas agentes e foi liberado. Nesta quinta o mandado foi expedido e o suspeito pode ser preso a qualquer momento.a ocorrência foi registrada na Delegacia de Crimes Contra a Vida.

Anúncie no JH Notícias