Search
Close this search box.
Publicidade

FATALIDADE – Homem incendiado morre após duas semanas na UTI; esposa confessa crime

O casal tinha três filhos pequenos, e a esposa foi presa inicialmente, mas agora estaria em prisão domiciliar, enquanto o caso é investigado sob o registro de "violência doméstica".
Publicidade

A cidade de Cerejeiras, em Rondônia, encontra-se em choque após o trágico desfecho de um episódio de violência doméstica que resultou na morte do operador de máquinas Gustavo Rech, aos 29 anos de idade. Gustavo faleceu na madrugada deste domingo, 21, na UTI do Hospital Regional de Vilhena, onde estava internado havia duas semanas, lutando pela vida após ter grande parte do seu corpo queimado em um ataque.

O episódio chocante remonta a duas semanas atrás, quando Gustavo foi vítima de um ataque incendiário, sofrendo queimaduras graves em seu corpo. A suspeita apontada pelas autoridades foi a sua esposa, que teria confessado o uso de álcool no ataque. O casal tinha três filhos pequenos, e a esposa foi presa inicialmente, mas agora estaria em prisão domiciliar, enquanto o caso é investigado sob o registro de “violência doméstica”.

Publicidade

Um amigo próximo de Gustavo Rech, que preferiu não se identificar, confirmou que as cerimônias de velório e sepultamento estão previstas para ocorrerem na cidade de Cerejeiras, porém os horários ainda não foram definidos. Gustavo e sua família eram considerados pioneiros na região, tendo chegado à cidade na década de 1980 e se estabelecido como sitiantes. Os pais de Gustavo, atualmente residentes em Itapuã do Oeste, foram informados sobre o falecimento do filho.

O amigo de Gustavo, responsável pelos trâmites do funeral, expressou o desejo de não se envolver no caso, mas destacou que, até o momento, somente a versão da acusada foi divulgada, alegando autodefesa. Gustavo Rech permaneceu em estado grave desde o momento do ataque, não tendo tido a oportunidade de relatar sua versão dos eventos que culminaram na tragédia.

Neste momento de profunda comoção e luto, a comunidade de Cerejeiras se une em solidariedade à família enlutada, oferecendo apoio e conforto diante desta terrível perda. As autoridades seguem investigando o caso para esclarecer os detalhes do ocorrido e garantir que a justiça seja feita em memória de Gustavo Rech.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias