Search
Close this search box.
Publicidade

Homem é encontrado com múltiplas fraturas na BR-364 e polícia suspeita de atropelamento

A vítima apresentava três fraturas expostas, sendo duas no braço esquerdo e uma na parte inferior da perna esquerda.
Publicidade

No final da noite deste sábado (16), um homem foi encontrado gravemente ferido no acostamento da BR-364 logo após à entrada da Estrada dos Japoneses, em Porto Velho. A vítima estava com graves ferimentos pelo corpo e sua identificação não foi informada (veja vídeo ao final desta reportagem).

Policiais militares foram acionados ao local, após denúncia de que havia um homem bastante ferido em determinado ponto da rodovia. Com a chegada dos militares, constatou-se que a vítima ainda estava viva e equipes de resgate foram acionadas.

Publicidade

Duas equipes, sendo uma do Corpo de Bombeiros e outra do Samu, rapidamente chegaram ao local e iniciaram os atendimentos ao ferido. A vítima apresentava três fraturas expostas, sendo duas no braço esquerdo e uma na parte inferior da perna esquerda.

Tendo em vista a gravidade dos ferimentos da vítima, uma Unidade de Suporte Avançado (USA), do Samu, que tem como integrante um médico, também foi acionada para que pudesse dar suporte no resgate ao ferido. A equipe do Corpo de Bombeiros então se retirou do local para atender outras ocorrências.

Os socorristas não mediram esforços e realizaram diversos procedimentos para salvar a vida da vítima. Após vários minutos de trabalho ininterruptos, o ferido foi socorrido às pressas ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II.

A guarnição da Polícia Militar e as duas ambulâncias do Samu precisaram transitar pela contramão da BR-364 para fazer com que a chegada da vítima ao hospital fosse realizada no menor espaço de tempo possível.

A vítima então deu entrada no HPSJPII e seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

Não foi possível apurar, no local, a identificação da vítima. Acredita-se que ela tenha sido atropelada e o motorista empreendeu fuga sem prestar socorro. Não foram encontradas marcas de arrasto de pneu ou vestígios de peças quebradas. O caso foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

VEJA VÍDEO:

Combate Clean Anúncie no JH Notícias