Search
Close this search box.
Publicidade

Homem é morto com vários tiros por dupla em motocicleta

Este homicídio já é o segundo registrado na mesma residência
Publicidade

A noite de domingo, 9 de junho, foi marcada por um trágico homicídio na cidade de Ouro Preto do Oeste, Rondônia. Um homem identificado como Gustavo Gomes Rocha foi assassinado a tiros em uma casa localizada na rua Londrina com a Manoel Garrincha, no bairro Jardim Aeroporto. Este é o segundo homicídio ocorrido nesta residência em menos de um ano.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, Gustavo já estava sem vida, caído no chão do quintal. No local do crime, foram encontradas pelo menos 13 cápsulas de pistola calibre .40 e revólver. Segundo informações de testemunhas, dois homens, ambos vestindo jaquetas jeans e capacetes, chegaram em uma motocicleta, desceram do veículo, e dispararam várias vezes contra a vítima.

Publicidade

As investigações iniciais sugerem que Gustavo estava aguardando os atiradores, pois ele não demonstrou nenhuma reação ao abrir o portão para os assassinos. A motocicleta utilizada na fuga foi descrita como uma Honda CG antiga. Após o trabalho dos peritos da Polícia Técnico-Científica (Politec), o corpo de Gustavo foi liberado para a funerária de plantão Paxpassbom.

Este não é o primeiro incidente de violência extrema na mesma residência. Na noite de 17 de julho de 2023, Gisele Lisboa Sena foi assassinada no mesmo local, quando dois homens pularam o muro da casa e um deles disparou seis vezes contra ela. Este histórico violento levanta questões sobre possíveis conexões entre os dois crimes.

Enquanto a Polícia Militar atendia a ocorrência, a central de operações (190) recebeu uma chamada informando sobre uma motocicleta em chamas na BR-364, no trecho do morro da AABB. Há suspeitas de que a moto queimada possa estar relacionada ao homicídio, embora até o momento não haja confirmação visual de que seja o mesmo veículo usado no crime.

As autoridades estão empenhadas em investigar e elucidar os fatos para trazer justiça às vítimas e segurança aos moradores.

Anúncie no JH Notícias