Search
Close this search box.
Publicidade

Jornalista é preso suspeito de importunar crianças em Rondônia

O jornalista, visivelmente alterado ao saber da intervenção policial com base nas denúncias das crianças, afirmou que as acusações eram infundadas
Publicidade

Na noite de quarta-feira (15), a Polícia Militar foi chamada para intervir após um jornalista ser acusado de importunar crianças em um clube de lazer em Vilhena. Detalhes do incidente foram registrados em um Boletim de Ocorrência Policial obtido pelo jornal.

O suspeito, um jornalista esportivo com passagens por emissoras de rádio e TV, mas atualmente atuando em uma página nas redes sociais e em uma plataforma de vídeos, foi abordado por uma guarnição após um bombeiro civil do estabelecimento relatar as acusações feitas por crianças na piscina. O comunicador negou as acusações, alegando que tudo não passou de uma “brincadeira”.

Publicidade

O jornalista, visivelmente alterado ao saber da intervenção policial com base nas denúncias das crianças, afirmou que as acusações eram infundadas. No entanto, o Boletim de Ocorrência detalha os relatos das crianças, incluindo uma menina de 12 anos que se sentiu desconfortável quando o acusado se aproximou e fez comentários inadequados, pedindo seu endereço e número de WhatsApp.

Outras crianças também foram abordadas pelo jornalista, que teria simulado estar se afogando e feito comentários inapropriados. Mães presentes no local foram alertadas sobre o comportamento do homem, testemunharam a abordagem feita pelo Bombeiro Civil e viram a reação do acusado, que, segundo o Boletim de Ocorrência, estava alcoolizado e resistiu à intervenção, pedindo para que a PM não fosse acionada.

O Conselho Tutelar acompanhou a ocorrência devido à envolvimento de menores como vítimas. Uma das mães mencionou que outra menina havia denunciado que o homem havia passado a mão em suas pernas, mas a criança deixou o local antes da chegada da viatura.

Ao receber voz de prisão, o jornalista alegou não entender o que estava acontecendo. O Conselho Tutelar tentou entrar em contato com o acusado várias vezes, mas não obteve resposta. Aguarda-se a manifestação do jornalista para que sua versão seja publicada.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias