Search
Close this search box.
Publicidade

Jovem é brutalmente morto com tiros e pauladas em residencial na zona Leste

Após as diligências, o corpo de Ítalo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames detalhados.
Publicidade

Ítalo Chaves de Souza, um jovem de apenas 19 anos, foi alvo de um assassinato cruel e violento no Residencial Populares Porto Madeiro III, localizado na Rua Humaitá, bairro Socialista, zona Leste de Porto Velho.

Segundo informações, Ítalo estava acompanhado de sua namorada e outros amigos em uma área de skate. Eles estavam de bicicleta e, ao deixarem a namorada de Ítalo na Avenida José Vieira Caula e passarem em frente ao residencial, foram cercados por um grupo de cerca de dez bandidos. Alguns dos agressores estavam armados e questionaram se os jovens tinham afiliação a alguma facção criminosa. Mesmo após negarem qualquer envolvimento, Ítalo teve seu celular confiscado. Os criminosos, através de fotos no celular, reconheceram Ítalo como morador da zona leste e o associaram a uma facção rival.

Publicidade

O grupo de agressores forçou Ítalo a entrar no residencial, enquanto instruíam seus amigos a fugirem. Logo após, os tiros foram ouvidos, e a polícia foi alertada. Ao chegar ao local, os agentes encontraram o corpo de Ítalo sem vida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado, e o médico confirmou o óbito.

As investigações apontaram que Ítalo foi alvejado por dois tiros na cabeça e também foi vítima de pauladas, resultando em graves ferimentos cranianos. A cena do crime foi isolada, e tanto a perícia criminal quanto o rabecão foram chamados para realizar os procedimentos necessários. Após as diligências, o corpo de Ítalo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames detalhados.

Uma equipe da delegacia especializada em crimes contra a vida também esteve no local para obter informações fundamentais para as investigações. O objetivo é identificar e prender os autores desse crime bárbaro, que deixou a comunidade indignada e clamando por justiça.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias