Search
Close this search box.
Publicidade

Mulher em situação de rua perde a vida atropelada por Hilux na BR-364 em Porto Velho

As declarações das pessoas presentes indicaram que a vítima estava percorrendo a rodovia, apresentando indícios de consumo de álcool e/ou substâncias ilícitas.
📷: JH Notícias
Publicidade

No último sábado (19), um trágico incidente ceifou a vida de Ana Lira Freire, de 44 anos. O acontecimento fatal ocorreu quando ela foi atropelada por uma caminhonete Hilux, na BR-364, próximo à Estrada do Areia Branca, na cidade de Porto Velho.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido prontamente alertaram a Polícia Rodoviária Federal (PRF), informando que uma mulher havia sido atropelada por uma caminhonete. Ao chegarem ao local, os agentes da PRF constataram que a mulher já havia perdido a vida. Consequentemente, as equipes de perícia técnico-científica e o rabecão do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados.

Publicidade

As declarações das pessoas presentes indicaram que a vítima estava percorrendo a rodovia, apresentando indícios de consumo de álcool e/ou substâncias ilícitas. De forma alarmante, ela tentava se lançar à frente dos veículos, com diversos motoristas conseguindo desviar a tempo. Lamentavelmente, o condutor de uma caminhonete Hilux acabou colidindo com Ana, lançando-a para o acostamento da rodovia. A colisão resultou na morte instantânea de Ana.

Durante a realização da perícia, não foram encontrados documentos pessoais que pudessem identificar a vítima, sendo que sua identidade só pôde ser confirmada posteriormente no Instituto Médico Legal (IML). A investigação jornalística revelou que Ana Lira Freire vivia em uma condição de vida nas ruas da cidade.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias