Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

NO MATO GROSSO – Polícia Civil prende jovem em fuga após tentativa de latrocínio contra mototaxista, em RO

As diligências que levaram à captura do suspeito começaram quando a Polícia Civil de Rondônia solicitou o apoio da 1ª Delegacia de Cáceres para cumprir o mandado de prisão
Publicidade

Em uma ação coordenada entre as polícias civis de Rondônia e Mato Grosso, um jovem de 22 anos foi preso nesta quarta-feira (22) após tentar matar um mototaxista na cidade de Ariquemes, Rondônia. A prisão foi efetuada pela equipe da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres, Mato Grosso, em apoio aos policiais da Delegacia de Ariquemes.

O suspeito, que já tinha uma ordem de prisão temporária decretada pela Justiça, é acusado de tentar cometer um latrocínio (roubo seguido de tentativa de homicídio) na noite da última terça-feira, 21 de maio. Durante o crime, o jovem desferiu várias facadas contra o mototaxista, com a intenção de roubar seus pertences. Após o ataque, o suspeito fugiu da cena e embarcou em um ônibus com destino à cidade de Cáceres.

Publicidade

As diligências que levaram à captura do suspeito começaram quando a Polícia Civil de Rondônia solicitou o apoio da 1ª Delegacia de Cáceres para cumprir o mandado de prisão. Com a informação de que o criminoso estava em um ônibus rumo a Cáceres, as equipes policiais se deslocaram rapidamente ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No posto da PRF, os policiais conseguiram abordar o veículo e localizar o autor da tentativa de latrocínio. Após ser identificado e detido, o suspeito foi encaminhado à delegacia para os procedimentos legais necessários e, em seguida, colocado à disposição da Justiça.

Esta prisão destaca a eficácia da cooperação entre as forças policiais dos estados de Rondônia e Mato Grosso, garantindo que criminosos sejam capturados e responsabilizados por seus atos. A Polícia Civil reforça seu compromisso com a segurança pública e continua a trabalhar incansavelmente para combater a criminalidade.

As autoridades continuam a investigação para garantir que todos os envolvidos sejam levados à Justiça, assegurando a segurança e a ordem nas comunidades afetadas.

Anúncie no JH Notícias