Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

Operação encontra Skate Park lotado e flagra festas clandestinas e bares abertos em Porto Velho

O trabalho da equipe da “Operação Emergência” foi repudiado, pelos donos das residências, mas tiveram que interromper a festa.
Publicidade

Sob a coordenação do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), mais uma ação da “Operação Emergência” foi realizada neste sábado (27) em Porto Velho, com novos flagrantes de abusos e desrespeitos ao decreto estadual 25.859, que tenta frear os casos de Coronavírus com restrições ao comércio, aglomerações e venda de bebidas alcoólicas. Flagrantes de aglomerações e estabelecimentos abertos além do horário permitido, foram registrados pelas equipes.

Segundo o Governo, foram feitas diversas vistorias em torno da cidade, como no Skate Park, na zona Leste de Porto Velho, onde foram flagradas mais de 100 pessoas, entre homens, mulheres e crianças, caminhando na pista, fora do horário estabelecido. Eles foram orientados a irem para casa.

Publicidade

Os agentes de fiscalização flagraram ainda na zona Leste, festas clandestinas em várias casas, onde pessoas consumiam bebida alcoólica, em frente as suas residências, com som alto e garrafas espalhadas pelas calçadas.

O trabalho da equipe da “Operação Emergência” foi repudiado, pelos donos das residências, mas tiveram que interromper a festa.

Outra ação contra o descumprimento do decreto, aplicou-se por meio de denúncias recebidas de que bares estavam funcionando após às 18 horas. Todos os bares visitados encerraram as atividades e as orientações também foram intensificadas aos responsáveis pelos estabelecimentos. A ação está em consonância com o disposto no Artigo 26: sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas e do consumo em locais de venda e espaços públicos, a qualquer dia e horário.

Para o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Gilvander Gregório de Lima, o trabalho de fiscalização tem gerado resultados positivos com menores irregularidades durante a semana, sendo mais expressivo ainda aos sábados. “As ações das nossas equipes estão ganhando um efeito importante quanto a diminuição de denúncias e aglomerações. Os relatórios apontam para isso; há casos em que não há mais a necessidade de externar repressão na sociedade, mas, sim, orientação. No entanto, estaremos sempre atentos nas várias situações que ocorrem aos finais de semana”, destaca.

Foram obtidos os seguintes resultados:

estabelecimentos visitados- 78;
sem funcionamento- 56;
notificados-02;
vistoria regular- 05;
em condições- 02;
desativados 0;
Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) lavrados- 01;
interdições-0;
orientações- 07;
aglomerações- 05;
autuações- 02

A fiscalização é coordenada pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM), com a participação da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), da Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), do Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e da Prefeitura de Porto Velho, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).

Operação encontra Skate Park lotado e flagra festas clandestinas e bares abertos em Porto Velho
Anúncie no JH Notícias