Search
Close this search box.
Publicidade

Operação Mapinguari: multas de R$ 27 milhões e destruição de 200 barracos em ação de combate ao crime ambiental

A operação de desocupação, iniciada há 17 dias por ordem judicial, está sendo conduzida pelo Ministério Público de Rondônia
Publicidade

A 2ª fase da Operação Mapinguari, conduzida pela Polícia Militar com o objetivo de remover os invasores do Parque Estadual Guajará-Mirim, uma unidade de proteção integral, já foi executada na imposição de multas que totalizam aproximadamente R$ 27 milhões.

O Parque Estadual Guajará-Mirim, abrangendo cerca de 200 mil hectares e situado nas regiões de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, enfrenta há anos problemas de desmatamento causados ​​por invasões.

Publicidade

A operação de desocupação, iniciada há 17 dias por ordem judicial, está sendo conduzida pelo Ministério Público de Rondônia, em colaboração com as forças de segurança estaduais e agências de assistência social.

O tenente-coronel Adenilson Silva, Comandante da Operação, informou que as equipes em campo já atacaram cerca de 200 barracos e instalaram mais de 20 km de cercas delimitando uma área. Durante a execução das ordens judiciais, foram confiscadas seis armas de fogo e aproximadamente 1.500 cabeças de gado que estavam dentro do Parque. Além disso, foram realizadas cerca de 1.000 abordagens nas estradas de acesso à região.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias