Search
Close this search box.
Publicidade

Padrasto e mãe são presos por envolvimento em morte de bebê

Os indivíduos envolvidos foram detidos e encaminhados ao Sistema Prisional, onde permanecerão à disposição da justiça.
Publicidade

A Polícia Civil, através da 1ª Delegacia de Pimenta Bueno, agiu com rapidez e prendeu os suspeitos envolvidos na morte da pequena Heloisa Chaveiro de Almeida, de apenas um ano e dois meses, no município.

O terrível incidente

Publicidade

Na terça-feira passada (08), Heloisa foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Ana Neta, em situação crítica. No entanto, pouco tempo após sua admissão, os médicos confirmaram seu falecimento. Segundo o parecer médico, existem evidências substanciais de que sua morte foi resultado de ação violenta.

As investigações e as prisões

A Polícia Civil, movida pela gravidade do caso, iniciou prontamente suas investigações, conseguindo, em apenas três dias, identificar e prender os suspeitos.

De acordo com os desdobramentos das investigações, o padrasto da criança a teria agredido com tapas, enquanto a mãe optou pela omissão, não relatando as agressões às autoridades e, inclusive, prestando informações falsas durante seus depoimentos.

O suspeito alegou que agrediu a criança após vê-la mexendo em um guarda-roupa, resultando em uma queda que teria provocado o impacto na cabeça da menina.

Baseado nas conclusões da investigação, o delegado Luiz Francisco Felizardo solicitou as prisões preventivas do casal, as quais foram autorizadas pelo Poder Judiciário.

Os indivíduos envolvidos foram detidos e encaminhados ao Sistema Prisional, onde permanecerão à disposição da justiça. Essa trágica situação enfatiza a importância da proteção das crianças e a necessidade de responsabilização em casos de violência infantil.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias