Search
Close this search box.
Publicidade

Polícia divulga imagens de suspeitos de tentativa de homicídio, que acabou com bebê baleado na cabeça

Agora, a Polícia trabalha e pede ajuda da população para prender os foragidos Elison e Wesley.
Publicidade

A Delegacia de Homicídios de Ariquemes divulgou fotos de Elison da Silva Venâncio Matos e Wesley Araújo dos Santos, acusados de terem participação na tentativa de homicídio a tiros, que acabou acertando a cabeça de um bebê, de apenas um ano, na noite do dia 10 de janeiro deste ano, no município de Ariquemes. Wesley foi preso nesta manhã em Rio Crespo e agora a Polícia pede ajuda da população para localizar e prender Elison.

Durante as investigações os policiais descobriram que os acusados queriam executar o irmão do bebê, um adolescente de 17 anos, por conta de uma briga ocorrida na noite anterior.

Publicidade

Na noite do crime, os acusados chegaram na residência armados. Ao perceber a presença dos criminosos, o adolescente, de 17 anos, correu para dentro da casa, se armou com uma faca e foi para dentro do quarto onde estava seu irmão, o bebê de um ano.

Mesmo com a porta fechada, o atirador começou a efetuar vários disparos. De dentro do quarto, o adolescente gritou afirmando que seu irmão teria sido atingido. Os criminosos fugiram na sequência.

Foi apurado que o bebê teria sido alvejado com um disparo na cabeça e a bala ficou alojada.

Um adolescente, autor dos disparos, se entregou a Polícia e foi internado após decisão da Justiça, mas as investigações prosseguiram e foi apurada a participação de Elison, Wesley e de um jovem de 18 anos, que já está preso.

Os policiais apuraram ainda, que dois deles foram com o adolescente até a casa das vítimas, prestando apoio direto na execução do crime, e o outro emprestou a arma e auxiliou na fuga do atirador.

Com o avanço das investigações, a justiça decretou a prisão temporária da dupla que está sendo procurada, por ter participação na tentativa de homicídio.

Agora, a Polícia trabalha e pede ajuda da população para prender os foragidos Elison e Wesley. Qualquer informação sobre o paradeiro deles pode ser repassada através dos telefones 197 e (69) 3535-3510, da Delegacia de Homicídios de Ariquemes.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias