Search
Close this search box.
Publicidade

Polícia Militar age rápido e evita suicídio de jovem, em RO

Os policiais iniciaram imediatamente os procedimentos de reanimação, percebendo que a jovem apresentava sinais de estar sem vida
Publicidade

Na madrugada deste domingo (9), uma guarnição da Polícia Militar realizou um resgate crucial, salvando a vida de uma jovem que tentava suicídio na Rua Manoel Franco, bairro Nova Brasília. A ação rápida e eficaz dos policiais foi determinante para o desfecho positivo da ocorrência.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de tentativa de suicídio após receber um chamado de emergência. No entanto, ao chegarem à Rua Manoel Franco, os policiais enfrentaram dificuldades para localizar a residência, já que o solicitante não havia fornecido o número da casa e não havia ninguém nas proximidades para orientar a guarnição.

Publicidade

Após alguns minutos de busca, os policiais finalmente encontraram a jovem pendurada pelo pescoço com um fio telefônico, aparentemente desfalecida. Demonstrando agilidade e coragem, o Sargento PM Santos arrombou o portão e, junto com o Sargento PM Rudimar, levantou a vítima e retirou o fio do pescoço dela.

Os policiais iniciaram imediatamente os procedimentos de reanimação, percebendo que a jovem apresentava sinais de estar sem vida. Pouco depois, uma guarnição do Corpo de Bombeiros Militar chegou ao local e encontrou a vítima já com sinais vitais, graças às ações rápidas dos policiais.

A jovem foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde ficou sob cuidados médicos. Ao ser questionada sobre os motivos que a levaram à tentativa de suicídio, a vítima preferiu não responder, mas informou que havia ligado para o 190 antes de realizar a ação.

A ocorrência foi registrada e as providências cabíveis foram tomadas. A ação eficiente da Polícia Militar foi crucial para salvar a vida da jovem, demonstrando a importância da pronta resposta em situações de emergência. A equipe envolvida no resgate foi composta pelos Sargentos PM Santos e Rudimar, que agiram com determinação e profissionalismo.

Este incidente destaca a necessidade de apoio emocional e psicológico para pessoas em situações de desespero e a importância de serviços de emergência bem coordenados e treinados para lidar com crises de saúde mental.

Anúncie no JH Notícias