Search
Close this search box.
Publicidade

Bolsonaro perde Marcos Rocha como cabo eleitoral devido ação movida por Marcos Rogério; entenda

Com a decisão quem perde é Jair Bolsonaro que deixa de ter mais um cabo eleitoral.
Publicidade

O senador Marcos Rogério (PL) ingressou com ação no Tribunal Regional Eleitoral para impedir que o governador Marcos Rocha (União Brasil) utilize o nome de Jair Bolsonaro em suas propagandas eleitorais, sob alegação que o União Brasil tem candidata própria à presidência, a senadora do Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke.

O juiz eleitoral Áureo Virgílio Queiroz acatou os argumentos de Marcos Rogério e determinou que todas as peças que contenham o nome de Jair Bolsonaro usadas pelo governador sejam suspensas, até mesmo postagens em redes sociais, como a anexada pelos advogados do senador no pedido:

Publicidade


Peça anexada pelos advogados de Marcos Rogério na ação.
Com a decisão quem perde é Jair Bolsonaro que deixa de ter mais um cabo eleitoral. O presidente já havia dito que não iria declarar apoio público a Rogério ou Rocha para evitar exatamente a perda de um apoiador importante.

Veja abaixo a íntegra da peça produzida pelos advogados Marcos Rogério:

 

Anúncie no JH Notícias