Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019

Notícias de Política

Comissão alerta para cumprimento de metas de plano educacional

“A questão do transporte é um gargalo que inviabiliza crianças de estarem em sala de aula”, afirma presidente da Comissão.

Postado em 26/09/2017 às 15h19min


Comissão alerta para cumprimento de metas de plano educacional

Com o objetivo de discutir o transporte e o cumprimento do calendário escolar, o plano municipal de educação e os direitos dos trabalhadores o presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, vereador Professor Aleks Palitot realizou na manhã desta terça-feira (19) a reunião para alinhamento de estratégias de acompanhamento.

“Este encontro teve o propósito de informar os componentes sobre o monitoramento das metas do plano de educação trabalhado nas três esferas, municipal, estadual e federal. O relatório do Conselho de Educação é o primeiro item a ser avaliado”, atesta Palitot.

Também presentes à reunião, os vereadores Márcio Miranda e Luan Costa, concordaram que dentre algumas metas a serem alcançadas estavam a inserção de todas as crianças de 4 à 5 anos na pré-escola, alvo estipulado ainda em 2016. O que ainda é distante para a realidade educacional de Porto Velho.

“É necessário também adequar a meta a realidade para 2018 instituindo a valorização do servidor municipal de educação, estamos em um período que não podemos ignorar”, atesta o vereador Professor Aleks Palitot. “É preciso a observância da meta 16 que trata da formação continuada de nossos servidores”, afirma.

Ônibus

Com cerca de 11 mil estudantes na rede municipal de ensino, problemas como a falta de transporte escolar é algo que preocupa. Através do Oficio nº 3783/GAB/SEMED a Secretária Municipal de Educação informou que não tem medido esforços em busca de solucionar e normalizar a prestação do serviço, tomando medidas judiciais e administrativas, a fim de que as contratadas retornem o mais breve possível à prestação do serviço.

Segundo o documento a paralisação não se deve devido a falta de pagamento, mas sim pelo fato de as empresas não apresentarem todos os documentos necessários para a liquidação do crédito. A empresa Amazontur, teve o pagamento efetuado no dia 15 de setembro e a Rondonorte Transporte, os pagamentos foram feitos em juízo.

Em breve o transporte escolar em porto velho deve retornar a suas atividades normais. A Semed se coloca à disposição para atender os pais e representantes das comunidades afetadas com o intuito de disponibilizar informações quanto as providencias adotadas.

Fonte: Assessoria