Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

EX-MULHER NA ANEEL – Marcos Rogério era presidente de comissão que nomeava diretores

O senador também pagava um aluguel mensal para ela utilizando a cota parlamentar
Publicidade

Realizado pela TV Allamanda nesta última semana, o debate entre os candidatos ao governo de Rondônia trouxe novamente à tona um fato que chamou atenção do cenário político regional, a nomeação da ex-esposa do senador Marcos Rogério (PP) à um cargo de confiança dentro da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

Engenheira de formação, Andréia Schmidt Brito, ex-esposa de Marcos Rogério, foi nomeada para ser assessora direta de Efraín Cruz, um dos diretores da ANEEL. Nesse período, Rogério era o presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, que é a responsável pela nomeação desses diretores, um dos principais fatos que levou a estranheza dessa indicação.

Publicidade

Efraín Cruz era da diretoria da extinta Centrais Elétricas de Rondônia – CERON, que foi vendida por R$ 50 mil para a Energisa, após falir e deixar uma dívida bilionária aos cofres públicos.

Rogério garantiu que a nomeação de sua ex-mulher se deu por conta de condutas técnicas.

Outra polêmica relacionado ao nome de Marcos Rogério e sua ex-mulher foi a divulgação de uma reportagem na imprensa de Brasília, apontando que o senador pagava um aluguel mensal para ela utilizando a cota parlamentar.

Na época a assessoria do senador afirmou que sua ex-mulher é a proprietária de um imóvel localizado na cidade de Ji-Paraná que é utilizado por Rogério como escritório regional.

Anúncie no JH Notícias