Search
Close this search box.
Publicidade

Filha de traficante condenada pelo TRF de Rondônia recebe honraria da Câmara de Vereadores

Confira as notas do dia, por Cícero Moura.
Publicidade

PRÊMIO

Condenada na Justiça, em abril deste ano, por repassar mensagens de Fernandinho Beira-Mar a lideranças do Comando Vermelho (CV), a vereadora Fernanda Costa, filha do notório traficante, recebeu o Prêmio Responsabilidade Social 2023.

Publicidade

RIO DE JANEIRO

O troféu e o diploma foram entregues na última quinta-feira (9/11), no plenário da Câmara Municipal de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, onde Fernanda atua como parlamentar.

ENTIDADES

A honraria foi concedida pela Associação Grupo Para Todos (AGPT), que defende a bandeira da diversidade sexual. O troféu estampa as logomarcas do Governo do Rio de Janeiro, da Uerj, e da Secretaria de Cultura e Turismo de Duque de Caxias.

EM NOSSO ESTADO

Filiada ao MDB, Fernanda tem 34 anos e segue na política mesmo sete meses após condenação pelo Tribunal Regional Federal de Rondônia.

MENSAGENS

No início de abril, a filha de Fernandinho Beira-Mar foi condenada após a Polícia Federal e o Ministério Público apontarem que ela usava as visitas ao pai, preso desde 2001, para passar instruções a lideranças do CV.

DUAS DÉCADAS

Mesmo há mais de 20 anos na cadeia, Fernandinho Beira-Mar ainda é visto como uma das mentes mais brilhantes do mundo do crime. “Fernanda visitava o pai para tratar de assuntos inerentes à prática de crimes. Os recados eram feitos com linguagem codificada para estabelecer comunicação com os integrantes do grupo criminoso e dificultar ações policiais e dificultar sua identificação”, diz trecho da denúncia apresentada pelo MPF.

SENTENÇA

Fernanda foi condenada a 4 anos e 10 meses de reclusão em regime semiaberto. A sentença determinou, ainda, que a Justiça Eleitoral fosse oficiada para pôr fim ao mandato da vereadora, que se elegeu pelo município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

RECURSO

Contudo, a defesa da parlamentar recorreu no fim de abril e, até o momento, não houve sentença definitiva. Enquanto isso, ela pode continuar a formular leis e receber homenagens no Poder Legislativo.

WORKSHOP

A Santo Antônio Energia realizou Workshop de Ictiofauna para servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e da Secretaria do Estado de Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (SEDAM).

PEIXES

Ictiofauna é o conjunto das espécies de peixes que existem numa determinada região biogeográfica. Promovido em parceria com a empresa Jirau Energia, o evento possibilitou aos servidores ampliar conhecimentos e aperfeiçoar o trabalho na realização de vistorias e análise de relatórios, previstos em Licenciamento Ambiental, apresentados periodicamente pelas Hidrelétricas sobre ações de Ictiofauna.

CAPACITAÇÃO

Para Sílvia Goes, Coordenadora de Licenciamento de Hidrelétricas do IBAMA, os conhecimentos compartilhados no workshop foram amplos e enriquecedores para o trabalho do órgão. Com os conhecimentos adquiridos, é possível aprimorar e qualificar melhor a análise de relatórios apresentados pelas usinas”, reforçou Goes.

AMPLITUDE

André Vasques, gerente de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho da Diretoria de Operações da Santo Antônio Energia, destacou que a programação de palestras contemplou uma abordagem múltipla de temas que envolvem o trabalho com Ictiofauna.

VISITA

Para compreender melhor as ações do Programa de Ictiofauna da Santo Antônio Energia, ao final do evento, os participantes do workshop visitaram a Hidrelétrica. Conheceram o Sistema de Transposição de Peixes, por onde os peixes migradores transpõem a barragem nadando rio acima até as nascentes onde se reproduzem.

TEM MAIS

E foi visitado também o Laboratório de Reprodução de Peixes, onde a hidrelétrica mantém estudos sobre protocolos de reprodução dos chamados grandes bagres, peixes migradores de alto valor econômico.

PRODUÇÃO

Desde 2014, a Santo Antônio Energia já produziu 400 mil filhotes de peixes (alevinos) da espécie piramutaba, considerada a “prima da dourada” que pode chegar a dez quilos quando adulta. Esse volume de filhotes saudáveis é um marco histórico na reprodução em laboratório dessa espécie.

REFORMA

Governador Marcos Rocha assinou ordem de serviço para ampliação e reforma da Maternidade e Centro Obstétrico do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro. Rocha disse que o objetivo é oferecer uma melhoria na infraestrutura e no desenvolvimento do atendimento dos usuários.

MATERNIDADE

A maternidade fornece um serviço de assistência médica e cuidados a mulheres grávidas durante o parto e o pós-parto, com internação para as mães e cuidados especiais para recém-nascidos, garantindo um ambiente seguro e confortável para mães e bebês.

PRAZO

Após a assinatura do contrato, a empresa contratada terá 10 dias para iniciar a mobilização das obras e o prazo de 18 meses para a entrega do projeto finalizado. A fiscalização durante o processo de construção será realizada pela  Secretaria de Obras e Serviços Públicos – SEOSP, de acordo com as normas do contrato.

VALOR

Serão investidos na obra o valor de R$3.346.337,00 (três milhões, trezentos e quarenta e seis mil, trezentos e trinta e sete reais). A reforma e ampliação visam oferecer revitalização e ampliação das áreas de internação de mães e recém-nascidos, área de repouso de profissionais da saúde, plantonistas, banheiros e reparos na infraestrutura das salas cirúrgicas e setores.

DESTAQUE

Falando em Governo de Rondônia, nosso Executivo alcançou o 1º lugar nos poderes executivos estaduais do Programa Nacional de Transparência Pública, e segundo lugar nacional entre os estados brasileiros, em 2023.

CAPITAL FEDERAL

A conquista foi anunciada durante o evento “Transparência em Foco” em Brasília (DF), promovido pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) na segunda-feira (13).

OUTRO DESTAQUE

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) alcançou um marco significativo ao elevar seu índice de transparência para um patamar histórico no Programa Nacional de Transparência Pública, sob à presidência do deputado estadual Marcelo Cruz (Patriota).

MAIS DE 90%

A Casa de Leis registrou um índice de 93,78% em transparência, conquistando assim a classificação Ouro. O anúncio foi feito durante o evento “Transparência em Foco” em Brasília (DF), promovido pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT).

AVANÇOU

O resultado representa um salto considerável com relação ao ano passado, quando a Alero já havia atingido o nível Prata, com 83,27% de transparência.

AVALIADORES

A avaliação, que contou com a participação de equipes dos trinta e três Tribunais de Contas do país, além de informações dos controles internos dos estados, municípios e do Distrito Federal, consolidando o empenho e a dedicação da gestão do deputado Marcelo Cruz à frente da presidência da Casa de Leis.

“GATO”

O furto de energia, mais conhecido como gato, é feito por ligações clandestinas que puxam a eletricidade direto da rede. A prática é crime previsto no Código Penal Brasileiro, com pena que varia de um a quatro anos de reclusão.

UMA CIDADE INTEIRA

A quantidade de energia desviada no ano passado em Rondônia foi de 96 gigawatts, o equivalente ao consumo de energia de todo o município de Ariquemes por um ano.

CRIME

Além de ser um ato criminoso, o furto de energia pode ocasionar graves acidentes como incêndios e choques elétricos que costumam ser fatais.

ENTREGA PREJUDICADA

O furto também prejudica a qualidade do fornecimento de energia, afinal, a rede elétrica é planejada para atender os clientes regulares e cadastrados nos sistemas da companhia, considerando a carga declarada por eles. É como, por exemplo, se você preparasse uma festa para 20 convidados e, de repente, aparecessem 50 pessoas.

MILIONÁRIO

Os gatos de energia ainda trazem prejuízos ao estado de quase R$ 100 milhões por ano em perda de arrecadação de ICMS, recurso que seria suficiente para custear 31 mil alunos por ano nas escolas, comprar 751 ambulâncias ou construir 1.073 casas populares.

DENÚNCIAS

Ligações clandestinas e fraudes nos medidores podem ser denunciadas de forma anônima pelo telefone da polícia, 190, ou pelos contatos da Energisa no 0800 647 0120 , whats app www.gisa.energisa.com.br e ainda pelo aplicativo Energisa On.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias