Search
Close this search box.
Publicidade

PROJETO DE LEI – Prefeitura de Porto Velho poderá usar telemedicina

O Projeto é de autoria do vereador Jurandir Bengala
Publicidade

Um Projeto de Lei apresentado na Câmara de Vereadores, protocolado na presidência da Casa pelo vereador Jurandir Bengala (PL), autoriza a implantação do atendimento na modalidade de telessaúde na rede pública de Saúde gerida pela prefeitura de Porto Velho.

Essa modalidade de atendimento médica já é prevista pelo Ministério da Saúde com a definição de consulta para esclarecer dúvidas sobre procedimentos clínicos e diagnóstico, realizada por meio de telecomunicação bidirecional, nas modalidades síncrona (em tempo real) ou assíncrona (por meio de mensagem off-line).

Publicidade

Com dimensões territoriais que se assemelham à países da Europa e à estados brasileiros, o município de Porto Velho pode ter nesse serviço um desafogo na demanda reprimida de cidadãos que buscam consultas de rotina ou atendimento em geral para o tratamento de moléstia que podem ser diagnosticadas nessa modalidade de atendimento.

“A telessaúde poderá direcionar os gastos públicos para a ampliação no atendimento com a facilidade de o usuário permanecer em sua própria casa, não sendo necessário o deslocamento à um centro de saúde”, justificou o vereador Jurandir Bengala.

O Projeto de Lei aguarda a relatoria do vereador Márcio Oliveira (MDB) e logo em seguida será apresentada em plenário para a votação e encaminhamento ao prefeito Hildon Chaves (UB).

Combate Clean Anúncie no JH Notícias