Search
Close this search box.
Publicidade

SANEAMENTO BÁSICO – Exemplo que vem de Jaru mostra que é possível salvar Porto Velho

O serviço de saneamento de Jaru foi leiloado na Bolsa de Valores
Publicidade

Nesta semana, o município de Jaru deu um exemplo às demais localidades do Estado após o prefeito, João Gonçalves, leiloar na Bolsa de Valores de São Paulo a concessão dos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento sanitário da cidade.

A vencedora do leilão foi a empresa Aegea, que já atua em mais de 500 municípios brasileiros, sendo considerada uma das melhores empresas do país no desempenho desses serviços.

Publicidade

De acordo com João Gonçalves, foram mais de quatro anos de análises até que chegasse à esse momento que representa uma mudança direta na qualidade de vida da população de Jaru.

“Estamos em pleno desenvolvimento, com investimentos realizados pela gestão pública, na saúde, educação, infraestrutura, desenvolvimento social, entre outras áreas, o que garante o bem-estar e qualidade de vida para uma população de mais de 50 mil jaruenses”, afirmou João Gonçalves.

Esse mesmo modelo de repasse do setor de saneamento básico vem sendo proposto por Hildon Chaves para a capital do Estado, já que de acordo com pronunciamentos do prefeito de Porto Velho, essa é uma maneira de retirar o município da vergonhosa lista uma das cidades com o pior saneamento do país.

Em Porto Velho esse serviço é realizado pela CAERD, uma companhia estadual que mantém há décadas um quadro vergonhoso de menos de 5% da cidade com acesso pleno à água e esgoto tratados.

Porém, embaraços e amarras politicas que nada ajudam no desenvolvimento de Porto Velho vem travando Hildon Chaves á realizar o que o prefeito de Jaru fez essa semana.

O exemplo que vem da Jaru, pode ser um passo crucial para a mudança de filosofia dos gestores municipais em Rondônia no que diz respeito à saneamento básico.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias