Search
Close this search box.
Publicidade

ABSURDO – Doses da Pfizer Baby estão sendo jogadas no lixo em Rondônia

O motivo é baixa procura da população
Publicidade

A quase nula procura de pais que desejam vacinar seus filhos pequenos que apresentem comorbidades contra a COVID-19 em Rondônia vem tendo desdobramentos perigosos e causando prejuízos aos cofres públicos.

Disponibilizada pelo Governo Federal aos estados, as doses da Pfizer Baby, é direcionada a crianças de 6 meses a 5 anos de idade. Os lotes foram encaminhados para os estados de acordo com classificação do próprio Ministério da Saúde.

Publicidade

Em Rondônia, os pontos de vacinação já estão abertos, porém a procura é quase zero. Informações obtidas pela reportagem do JH Notícias dão conta de que na cidade de Vilhena doses da Pfizer Baby estão sedo jogadas no lixo.

Acontece que as doses vêm em ampolas que armazenam uma média de dez doses cada. Fechadas essas doses tem uma boa durabilidade antes de começar a perecer, porém após aberta, a ampola não mantêm as doses imunes ao vencimento por mais de 24 horas.

A situação relatada em Vilhena dá conta de que apenas uma criança foi vacinada nos últimos dias e a ampola aberta teve de ser descartada, ou seja, doses do imunizante contra a COVID-19 sendo jogadas no lixo por falta de procura.

Medo, negacionismo e falta de informação são os principais fatores que levam pais a não imunizarem seus filhos. De acordo com a Pfizer a autorização da vacina é apoiada no estudo multicêntrico, realizado em 5 países, e desenvolvido especificamente para as crianças.

Contando com 4526 crianças de 6 meses a menos de 5 anos de idade, foi observada robusta resposta imune, com capacidade de produção de anticorpos neutralizantes e de soroconversão não inferiores a coorte de adultos, 16 a 25 anos, do estudo pivotal realizado em mais de 44.000 voluntários.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias