Search
Close this search box.
Publicidade

Desligamento da TV Analógica em Rondônia tem novas diretrizes

Confira as mudanças:
Publicidade

O Governo Federal decidiu estender o prazo para o desligamento do sinal de TV analógica em mais de 40 cidades de Rondônia. Entre elas, 32 municípios terão a transmissão analógica encerrada até 15 de dezembro de 2023, enquanto em outras 14 cidades, o prazo foi adiado para junho de 2024.

O Ministério das Comunicações (MCom) justificou a prorrogação devido à escassez de receptores digitais nas localidades onde o desligamento está programado.

Publicidade

O adiamento tem como objetivo evitar a interrupção do sinal em municípios de pequeno porte que ainda não contam com uma recepção digital satisfatória dos canais de televisão, explicou o MCom em nota.

A decisão de estender o prazo foi tomada devido à disparidade na digitalização dos canais, com algumas regiões já totalmente digitalizadas e sem pendências, enquanto outras ainda não alcançaram esse estágio.

Confira a lista de cidades que terão o desligamento até 15 de dezembro de 2023 e junho de 2024, respectivamente:

Até 15 de dezembro de 2023:

  • Alto Alegre dos Parecis
  • Alto Paraíso
  • Alvorada d’Oeste
  • Buritis
  • Cabixi
  • Cacaulândia
  • Cacoal
  • Campo Novo de Rondônia
  • Castanheiras
  • Chupinguaia
  • Colorado do Oeste
  • Corumbiara
  • Cujubi
  • Espigão d’Oeste
  • Ministro Andreazza
  • Mirante da Serra
  • Monte Negro
  • Nova União
  • Novo Horizonte do Oeste
  • Parecis
  • Pimenteiras do Oeste
  • Primavera de Rondônia
  • Rio Crespo
  • Santa Luzia d’Oeste
  • São Felipe d’Oete
  • São Francisco do Guaporé
  • São Miguel do Guaporé
  • Seringueiras
  • Teixeirópolis
  • Theobroma
  • Urupá
  • Vale do Anari

Até junho de 2024:

  • Alta Floresta do Oeste
  • Ariquemes
  • Cerejeiras
  • Guajará-Mirim
  • Itapuã do Oeste
  • Jaru
  • Ji-Paraná
  • Nova Brasilândia d’Oeste
  • Nova Mamoré
  • Ouro Preto do Oeste
  • Pimenta Bueno
  • Presidente Médici
  • Rolim de Moura
  • Vilhena

Dessa forma, quem utiliza TV analógica nessas regiões precisará providenciar conversores e antenas digitais para continuar recebendo o sinal de televisão.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias