Search
Close this search box.
Publicidade

Operação da PF do Rio faz buscas em Rondônia

Na ação, policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão.
Veículos disfarçados de viaturas da Polícia Federal, que foram utilizados no roubo de ouro no Aeroporto de Guarulhos.
Publicidade

Na manhã desta quinta-feira (18), a Polícia Federal no Rio de Janeiro, deflagrou a Operação Criptônimo, visando apurar a prática dos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso. Na ação, policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Federal de Campos dos Goytacazes, todos, no município de Vilhena, em Rondônia.

A medida cautelar foi requerida após as investigações apontarem que um homem, natural do Espírito Santo, em conluio com servidora da Receita Federal em Macaé, que já foi condenada cinco vezes pelos crimes de inserção de dados falsos em sistemas de informações, emitiu um cadastro de pessoa física junto à Receita Federal se utilizando de fraude para obtenção dos documentos.

Publicidade

O celular do investigado foi apreendido e será objeto de perícia técnica criminal para continuidade das investigações.

As penas para os crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso variam de 2 a 6 anos de reclusão e multa.

Anúncie no JH Notícias