Search
Close this search box.
Publicidade

Prefeitura de Porto Velho contrata Hospital Santa Marcelina para realização de mais de 800 cirurgias eletivas

Ao todo, são 20 modalidades de procedimentos cirúrgicos, como curetagem do colo de útero, histerectomia, colecistectomia, reparação de hérnias, entre outras.
Publicidade

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), firmou um contrato com o Hospital Santa Marcelina para realização de mais de 800 cirurgias eletivas no município. A iniciativa tem o objetivo de reduzir o tempo de espera de pacientes que aguardam na fila.

A ação, executada pela Prefeitura, faz parte do Programa Nacional de Redução de Filas, do Ministério da Saúde, coordenado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). O valor total do investimento é de R$ 1.960.753,00, recurso oriundo do Governo Federal.

Segundo o contrato, serão realizadas cirurgias eletivas ginecológicas e gerais. Ao todo, são 20 modalidades de procedimentos cirúrgicos, como curetagem do colo de útero, histerectomia, colecistectomia, reparação de hérnias, entre outras.

Publicidade

“Nós aderimos esse programa para reduzir a fila de pacientes residentes em Porto Velho que aguardam na regulação do estado e do município. Nosso objetivo é reduzir o tempo de espera dos pacientes e acelerar o atendimento. Com esse contrato, muitas cirurgias serão realizadas pelo município”, destacou Eliana Pasini, secretária municipal de Saúde.

Ao todo, serão realizadas 807 cirurgias no Hospital Santa Marcelina, através do contrato com a Prefeitura. A diretora geral da unidade, irmã Lina Maria Ambiel, conta o sentimento da parceria com o Poder Executivo Municipal.

“Hoje é um dia de uma alegria muito grande, porque essa parceria visa, em primeiro lugar, um atendimento humanizado à população de Porto Velho. É uma soma de esforços para que a qualidade no atendimento possa ser disponibilizada aos nossos pacientes. Agradecemos ao prefeito e às secretárias pela realização desse contrato conosco”, pontua a irmã Lina Maria Ambiel.

O contrato foi celebrado após a fase de licitação, onde o Hospital Santa Marcelina venceu a concorrência pública. O acordo legal terá duração de um ano. A assinatura do documento aconteceu no gabinete da Semusa e contou com a presença de autoridades e de representantes do hospital.

Representando o prefeito de Porto Velho, o assessor Fabricio Jurado, destacou a importância da parceria. “Esse é um dia muito importante para a saúde da nossa capital. Estou muito feliz com essa parceria com o Hospital Santa Marcelina e espero que essa seja uma porta para um caminho de sucessos”.

O secretário estadual de Saúde, Jefferson Ribeiro da Rocha, parabenizou o acordo. “Nós estamos muito felizes com a assinatura deste contrato. Esse programa disponibilizou R$ 10 milhões para o Estado de Rondônia e Porto Velho está dando o pontapé inicial”.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias