Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

Rondônia Rural Show Internacional inicia nesta segunda-feira com o tema “Agricultura da Amazônia”

O Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, torna-se o epicentro do agronegócio de Rondônia
Publicidade

Tudo pronto para receber os visitantes da 11ª edição da Rondônia Rural Show Internacional, a maior Feira do Agronegócio da região Norte do Brasil, que este ano terá como tema “Agricultura da Amazônia”. Realizada pelo governo de Rondônia, sob execução da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), a partir desta segunda-feira (20) até o próximo sábado (25), o Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, se transforma na capital do agronegócio, e ponto de encontro de produtores, empresários e interessados em fomentar o crescimento e a inovação no campo.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, destaca o crescimento e a importância do evento para o agronegócio do país, que reúne um número cada vez maior de agroindústrias, empresas do setor produtivo, artesãos e visitantes interessados em conhecer as novidades e tecnologias rurais. “O evento se tornou uma oportunidade para os profissionais do setor trocarem experiências, ampliarem seus conhecimentos e realizarem negócios. Além disso, é uma forma de valorizar e promover a produção agropecuária local, gerando mais visibilidade e oportunidades para os produtores rurais da região”, enfatizou.

Publicidade

O governador ainda enfatizou sobre a importância de investir nesse setor, para que o estado contribua ainda mais para o crescimento e fortalecimento da atividade agropecuária na região.

O estado de Rondônia se tornou um polo de produção e inovação no setor agropecuário

HISTÓRICO

Criada em 2012, a feira contava com pouco mais de 200 expositores, movimentando cerca de R$ 186 milhões em negócios, e recebendo 25 mil visitantes. A partir de 2014, a Rondônia Rural Show tornou-se internacional, contando com a participação de embaixadas e Câmaras de Comércio de vários países ao redor do mundo.

De acordo com o secretário da Seagri, Luiz Paulo, a participação de representantes estrangeiros trouxe novas oportunidades de negócios e parcerias para o agronegócio local, permitindo a troca de experiências e tecnologias entre os diversos países presentes na feira. “Além disso, a internacionalização da Rondônia Rural Show contribui para a divulgação da agricultura e pecuária da região e para a promoção do estado de Rondônia como um polo de produção e inovação no setor agropecuário”, evidenciou.

Em 2017, a feira mudou para um terreno de 52 hectares doado pela Prefeitura de Ji-Paraná. Isso permitiu a implantação definitiva de vitrines tecnológicas e espaços mais atrativos aos visitantes. Com o tema “Tecnologias Sustentáveis” em 2023, a feira registrou a participação de 44 agroindústrias, gerando uma renda de mais de meio milhão de reais. Ao todo, foram negociados R$ 3,5 bilhões e cerca de 630 expositores estiveram presentes.

A Rondônia Rural Show Internacional conta com 26 vitrines tecnológicas

NOVIDADES

De acordo com o coordenador da feira, Janderson Dalazen, em 2024, a Rondônia Rural Show Internacional conta com 26 vitrines tecnológicas. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer de perto as novidades do mercado, além de poder interagir com os expositores e tirar dúvidas.

Com 650 expositores, a feira oferece uma variedade de produtos e serviços para os agricultores, desde maquinário até insumos agrícolas. A infraestrutura do evento conta com oito estacionamentos, seis praças de alimentação, pronto-atendimento, banheiros, segurança e até mesmo um heliponto, para facilitar o acesso e a participação de todos os envolvidos. “O foco deste ano é destacar a agricultura da Amazônia, valorizando as práticas sustentáveis e os produtos regionais. Com isso, a tradicional feira se torna um importante espaço de integração e troca de conhecimento entre os participantes, contribuindo para o fortalecimento do setor agrícola da região”, finalizou.

É inegável a importância da Rondônia Rural Show Internacional para o desenvolvimento do agronegócio na região, ao promover o intercâmbio de tecnologias sustentáveis e impulsionar a economia local.

Anúncie no JH Notícias