Search
Close this search box.
Publicidade

Tratamento para dependência química está disponível na rede municipal de Porto Velho

Para o diretor do CAPS AD, o cuidado deve ser além da data, e as ações de prevenção ao vício devem ser contínuas.
Publicidade

A dependência em drogas lícitas ou ilícitas é uma doença crônica que influencia diretamente na saúde, no trabalho e no âmbito social dos indivíduos. Em Porto Velho, a população que sofre com o uso de substâncias psicoativas, pode buscar atendimento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD).

A unidade possui uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos e assistentes sociais, direcionados ao atendimento de adolescentes e adultos (considerando as normativas do Estatuto da Criança e do Adolescente) com transtornos decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas.

Publicidade

O local trabalha em regime de portas abertas, isto é, sem necessidade de agendamento prévio ou encaminhamento médico. De acordo com Shelton Botelho, diretor do CAPS AD, em 2022 foram realizadas 12.343 consultas na unidade. A maior procura por atendimentos foi a dependência por drogas. Para atender a população, Shelton explica que os profissionais atuam com o intuito de reduzir e tratar os danos causados pelo vício.

“O usuário que procura o CAPS AD é acolhido e participa da elaboração de um Projeto Terapêutico Singular específico para as suas necessidades e demandas. As equipes multiprofissionais empregam diferentes intervenções e estratégias de acolhimento, como psicoterapia, seguimento clínico em psiquiatria, medicação assistida, atendimentos familiares e domiciliares, entre outros”.

Combate às Drogas e ao Alcoolismo

O uso de substâncias psicoativas é a principal causa do comportamento compulsivo, que contribui para situações de violência, o aumento da criminalidade, a transmissão de infecções sexualmente transmissíveis e até mesmo uma gravidez indesejada.

Além disso, o consumo desenfreado de álcool favorece o aumento de doenças como o alcoolismo, hipertensão, cirrose e câncer de fígado. Já o consumo de drogas, além de causar inúmeros distúrbios psicológicos como alucinações, pode provocar problemas cardíacos e respiratórios.

Segundo o calendário da Organização Mundial de Saúde, 20 de fevereiro é o Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo. Para o diretor do CAPS AD, o cuidado deve ser além da data, e as ações de prevenção ao vício devem ser contínuas.

“A unidade realiza atividades para o tratamento de dependências químicas por meio de psicoterapias em grupo e terapias ocupacionais, como aulas de violão. Nossas equipes oferecem atendimento em regime de atenção diária e desenvolvem ações individuais e coletivas, que buscam a reinserção social de seus usuários, pelo acesso a trabalho, moradia, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários.” finaliza Shelton.

O CAPS AD está localizado na Av. Guaporé, número 3929, bairro Flodoaldo Pontes Pinto. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias