Search
Close this search box.
Publicidade

Vacinação contra a covid-19 segue disponível em todas as unidades de saúde da capital

Imunizante é ofertado gratuitamente pela Prefeitura de Porto Velho
Publicidade

A vacinação contra a covid-19 é a forma mais eficaz de combater o coronavírus. Em Porto Velho, esse imunizante é ofertado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) em todas as unidades de saúde da capital.

Como parte das ações de fortalecimento da saúde, a Semusa tem trabalhado, de forma rotineira, com a busca ativa pela atualização do esquema vacinal da população em toda a capital. O objetivo é vacinar o maior número de pessoas e promover uma imunização em massa.

Publicidade

ESQUEMA VACINAL

A vacina contra a covid-19 é indicada para qualquer pessoa acima de seis meses. Os imunizantes baby e pediátrico, que são compostos por três doses, é recomendado para o público menor de 12 anos (até 11 anos, 11 meses e 29 dias).

Já para o público de 12 anos ou mais a vacina indicada é a bivalente, mesmo para quem não tomou nenhuma dose anteriormente. Após tomar essa dose, o paciente já está com o esquema completo até nova orientação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde recomenda ainda uma dose de reforço para idosos e pessoas imunocomprometidas que já tenham tomado a bivalente há seis meses.

A vacina contra a covid-19 é indicada para qualquer pessoa acima de seis mesesA vacina contra a covid-19 é indicada para qualquer pessoa acima de seis meses

ONDE SE VACINAR?

Para se vacinar, o paciente deve se dirigir a uma unidade de saúde, acompanhado do cartão do SUS ou CPF e solicitar a aplicação da dose.

Confira os locais e horários de vacinação neste link.

Para a enfermeira da Divisão de Imunização da Semusa, Marina Martelett, a vacina é o método mais eficiente no combate à doença.

“Nesse caso da covid-19, a imunização é a forma que protege todas as pessoas e diminui o risco de contágio. Por isso, é importante que todos os cidadãos da capital se vacinem, até porque, as vacinas contra o SARS-CoV são completamente seguras”, destaca a enfermeira.

Apenas 55 mil pessoas tomaram a dose da vacina bivalenteApenas 55 mil pessoas tomaram a dose da vacina bivalente

CALENDÁRIO NACIONAL DE VACINAÇÃO

No início deste ano, o Ministério da Saúde anunciou, de forma oficial, a inclusão da vacina contra a covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação. O objetivo da estratégia é elevar os índices de pessoas imunizadas contra a doença. Além disso, a partir de agora, a aplicação do imunizante será anual.

Com isso, crianças de seis meses a menores de cinco anos devem tomar, pelo menos, três doses da vacina durante esse período.

VACINA BIVALENTE

Em Porto Velho, dados da Divisão de Imunização da Semusa apontam que apenas 55 mil pessoas tomaram a dose da vacina bivalente. Esse número está bem abaixo do que é necessário para ser alcançado, por isso a importância de procurar se vacinar.

Marina Martellet, enfermeira da Divisão de Imunização da Semusa, alerta sobre essa necessidade. “Essa dose de reforço é muito importante, pois ela tem componentes a mais do que a monovalente, que era a que nós estávamos aplicando no início da vacinação, então ela tem uma proteção ainda maior”, finaliza.

A vacina bivalente é indicada para pessoas acima de 12 anos de idade. No caso de idosos que já tomaram a bivalente, devem tomar a nova dose de reforço, desde que tenha um intervalo de seis meses entre as doses.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias