Siga nossas redes sociais

Segunda-feira, 29/11/2021

JH Notícias

Brasil

Criança é perseguida e assassinada com tiro na cabeça enquanto caminhava; VÍDEO

Nas imagens, registradas por câmeras de segurança, mostram o momento em que a menina caminha sozinha na entrada de uma passarela, quando de repente, recebe o tiro na cabeça e cai no chão, sem qualquer reação.

WhatsApp

Brasil – Na tarde desta quarta-feira (15) uma criança identificada como Ana Júlia Pantoja, de 5 anos, morreu após levar um tiro na cabeça na região periférica conhecida como Baixada do Ambrósio, na Área Portuária de Santana, município a 17 quilômetros de Macapá.

Nas imagens, registradas por câmeras de segurança, mostram o momento em que a menina caminha sozinha na entrada de uma passarela, quando de repente, recebe um tiro na cabeça e cai no chão, sem qualquer reação.

O assassino também é flagrado em uma das cenas, atirando de trás de um poste na direção do caminho por onde a menina andava. Após o tiro, ele sai correndo, não sendo encontrado até agora.

Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Chamada Escolar 2022
Mulher para efetivação

A criança chegou a ser levada para o Pronto Socorro do município, mas não resistiu. A morte causou comoção nas redes sociais com pedidos de Justiça pelo caso.

A hipótese de que estaria tendo uma troca de tiros foi descartada, visto que no vídeo é possível ver que os vizinhos estão tranquilos no local e só se dispersam quando ouvem o disparo que matou a pequena.

VEJA VÍDEO:

 

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Hora 1 Rondônia

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade JR Consultoria Financeira Porto Velho
Publicidade
Publicidade Mulher para efetivação
Publicidade
Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Chamada Escolar 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil

Compartilhe esta notícia: