Search
Close this search box.
Publicidade

DF tem 6 casos em investigação e 2 descartados de varíola dos macacos

DF tem 6 casos em investigação e 2 descartados de varíola dos macacos
Publicidade

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) recebeu a informação de que mais dois suspeitos de varíola dos macacos foram negativados. No total, atualmente, são dois casos descartados e outros seis ainda em investigação. A capital federal segue com apenas um caso da doença confirmado.

Todos os seis pacientes que ainda são tratados como possíveis infecções são homens na faixa etária de 20 a 39 anos. O caso do adolescente de 15 a 19 anos que era tratado como suspeito até semana passada foi descartado após os resultados dos exames laboratoriais.

Publicidade

Segundo o Ministério da Saúde, para ser considerado um caso suspeito de infecção de varíola dos macacos, também conhecida como Monkeypox, é preciso que paciente tenha viajado para o exterior no intervalo de 21 dias; apresente os sintomas característicos da doença; ou relate contato com alguém que tenha sido infectado pela doença.

Cada infecção ainda precisa ser confirmada ou descartada por meio de exames realizados em laboratórios de referência.

Para isso, a pasta local deve encaminhar amostras de cada paciente para os locais indicados pelo Ministério da Saúde. Para a varíola, o responsável é o Laboratório de Biologia Molecular de Vírus do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho ou o Laboratório de Virologia Molecular do Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias