Siga nossas redes sociais

Quinta-feira, 26/05/2022

JH Notícias

Coronavírus - COVID-19 - Governo do Estado de Rondônia

Brasil

Entregador do iFood denuncia ameaça por cliente armada

Funcionário do aplicativo levava pedido para outra pessoa com nome parecido ao da policial, que teria questionado e ameaçado com pistola

WhatsApp

Um entregador do aplicativo Ifood denunciou uma delegada da Polícia Civil de Goiás por ameaçá-lo com uma arma, no momento em que ela aguardava para receber um pedido, na portaria de um prédio da capital goiana, na noite de sexta-feira (8/4).

Na ocasião, logo após o episódio, o entregador mobilizou outros colegas, que realizaram uma manifestação, com buzinaço, na porta do prédio.

A confusão teria começado porque o entregador levava um pedido para outra pessoa do prédio, com nome parecido ao da delegada. No entanto, a policial teria reivindicado que o lanche era dela.

O entregador disse à TV Globo que a delegada teria colocado o celular na cara dele, dizendo que o pedido era dela. Ele relatou ainda ter levantado as mãos para cima quando a delegada sacou o revólver e sinalizou que poderia prendê-lo.

Outra versão

Segundo boletim de ocorrência que a Globo teve acesso, a delegada negou que tenha sacado a arma e alegou que o entregador de aplicativo disse que teria uma faca.

Em nota enviada ao Metrópoles, o Ifood disse que repudia qualquer ato de agressão contra os entregadores parceiros e que a cliente envolvida na ocorrência foi descredenciada da plataforma.

O aplicativo ainda afirmou que há um canal de denúncias interno para situações como essas e que é importante realizar registro de boletim de ocorrência. Além disso, o Ifood disse que vai colaborar com as investigações, caso seja solicitado.

Ações do Governo de Rondônia

PORTAL SAÚDE

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

Cientistas desenvolvem novo estimulante natural que vira febre no Brasil. Confira!
A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e com a delegada, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. Em nota enviada para a TV Globo, a Polícia Civil disse que o caso será apurado pela corregedoria.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Metropoles

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil