Siga nossas redes sociais

Quinta-feira, 26/05/2022

JH Notícias

Coronavírus - COVID-19 - Governo do Estado de Rondônia

Brasil

Grupo invade delegacia e executa pai e irmão do suspeito de matar PM

O caso ocorreu logo após o PM ser morto

WhatsApp

Um homem suspeito de matar o 2º sargento da Polícia Militar Anamon Rodrigues de Sousa levou um tiro e foi morto, na madrugada deste sábado (5/2), logo após o crime, em Miracema do Tocantins. O pai e o irmão do suspeito também foram executados. A PM disse que o autor dos disparos ainda não foi encontrado.

O caso teve início por volta de 21h52 dessa sexta-feira (4/2). O sargento da Polícia Militar Anamon Rodrigues de Sousa, que trabalhava na Agência de Inteligência da PM, tinha ido até o setor Novo Horizonte II. No local, houve uma troca de tiros e o sargento foi baleado. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

A PM, então, começou a investigar o crime e encontrou uma arma possivelmente usada no ato. A partir disso, a polícia localizou Manoel Soares da Silva, de 67 anos, e o filho Edson Marinho da Silva, de 37 anos. Os dois foram levados para a delegacia, onde perceberam que Edson estava ferido devido ao confronto com o sargento.

Enquanto a investigação ocorria, a polícia foi informada de que outro filho de Manoel havia acabado de morrer após levar tiros dentro da própria casa da família.

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

Instantes depois, próximo às 6h29 deste sábado, cerca de 15 homens encapuzados invadiram a delegacia de Miracema, renderam agentes policiais e atiraram contra Manoel e o filho Edson. Ambos morreram.

Ações do Governo de Rondônia

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Metrópoles

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil