Siga nossas redes sociais

Terça-feira, 25/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Brasil

Tio de menina morta por febre maculosa: ‘Nem o coração podemos doar’

WhatsApp
Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022

A família de Laura Bertajoni Vicente, 15 anos, morta por febre maculosa, no domingo (29), em Salto (SP), comentaram sobre o caso da adolescente que desafiou até os próprios médicos. A garota ainda passou nove dias internada em estado grave em um hospital da cidade. O tio da vítima, Marcelo Kenjy Motozono, disse que os primeiros sintomas foram fortes dores de cabeça.

“Achamos que ela poderia ter comido algo e feito mal, mas depois também surgiram as convulsões. Foi muito rápido, nunca vi uma doença tão avassaladora como essa”, lamentou Motozono, em entrevista ao G1. A doença é transmitida pelo carrapato-estrela, responsável por destruir o sistema nervoso de Laura.

Assim que foi internada, a adolescente entrou em coma induzido. Na mesma semana, teve um edema cerebral seguido de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). “A gente estava com esperança e achamos que ela não ia morrer, porque começou a desinchar.”

O enterro de Laura foi na manhã de ontem (30). Por causa da contaminação, não foi possível a doação de órgãos. “Não pudemos nem dar o coração para dar vida a outro adolescente.”

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil

Compartilhe esta notícia: