Search
Close this search box.
Publicidade

Aplicativo facilitará doações de sangue no Brasil

Hemovida quer mostrar importância de manter estoques em níveis seguros
Publicidade

O Ministério da Saúde lançou o miniapp Hemovida, integrado ao ConecteSUS, para facilitar a doação de sangue e reforçar os estoques nos hemocentros. Disponível para download a partir desta segunda-feira (27), a plataforma proporciona aos doadores uma carteira virtual com informações de saúde, tipo sanguíneo e histórico de doações.

A carteira virtual também serve como registro pessoal, útil em emergências, e oferece um histórico completo de doações, incluindo as agendadas, realizadas e canceladas. O doador pode fazer autodeclaração de doação, reforçando o compromisso com a causa.

Publicidade

O Hemovida, além de fornecer a localização da rede de saúde mais próxima para doação, visa conscientizar a população sobre a importância de manter os estoques de sangue seguros. A plataforma permitirá que os doadores convidem amigos, compartilhem experiências nas redes sociais e incentivem outros a se tornarem doadores.

O aplicativo também oferece informações detalhadas sobre critérios de doação, cuidados necessários no dia da doação e quem pode doar. O Ministério da Saúde acredita que o Hemovida servirá como uma ponte entre os hemocentros da rede pública e potenciais doadores, desempenhando um papel crucial na disseminação de informações sobre a doação de sangue e campanhas em andamento.

O sangue doado voluntariamente é essencial em atendimentos de urgência, cirurgias de grande porte e tratamento de doenças como a falciforme e talassemias, além de diversas condições oncológicas que frequentemente necessitam de transfusões. O aplicativo também destaca que cada doação pode ajudar a salvar até quatro vidas.

As taxas de doação de sangue cresceram este ano no Brasil, com um aumento de 112.377 bolsas coletadas entre janeiro e setembro de 2023 em comparação com o mesmo período de 2022. O Ministério da Saúde monitora diariamente os estoques nos hemocentros estaduais para evitar desabastecimento, com a possibilidade de acionar o Plano Nacional de Contingência do Sangue, remanejando bolsas de sangue conforme necessário.

O miniapp Hemovida representa uma iniciativa importante para estimular a doação voluntária de sangue e reforçar a conscientização sobre a necessidade contínua de manter os estoques em níveis seguros. O acesso à saúde de qualidade e a atenção gratuita à população são prioridades do governo, e o Hemovida desempenha um papel significativo nesse contexto, conforme destaca a secretária de Informação e Saúde Digital, Ana Estela Haddad.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias