Search
Close this search box.
Publicidade

Dormir pelado melhora a qualidade do sono? Entenda

Dormir pelado é uma escolha pessoal. Se estar sem roupa na hora do descanso te deixa mais confortável, automaticamente você terá um sono de melhor qualidade.
Publicidade

Durante uma entrevista nos anos 50, a atriz de Hollywood Marilyn Monroe revelou que dormia sem roupa, só com um perfume. Cada um tem suas preferências na hora de dormir, mas abandonar o pijama e deitar pelado traz algum benefício para o nosso sono?

Os pesquisadores não estudaram diretamente essas vantagens potenciais de dormir pelado. No entanto, se estar sem roupa te deixa confortável e melhora a sua qualidade de sono, então dormir nu traz benefícios sim.

Publicidade

Sabemos que a temperatura corporal tende a cair quando dormimos. Dalva Poyares, médica especialista em medicina do sono e professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica que quando a noite vai chegando, a melatonina vai aumentando e a temperatura diminuindo.

“Ficar muito quente à noite interfere no sono. Quanto mais calor, maior estímulo de adrenalina. Se você resfria o corpo, isso favorece o início do sono”, diz a especialista em medicina do sono.

Por esse motivo, as pessoas acreditam que usar pijama pode impedir essa reação natural do corpo e atrapalhar o ciclo do sono, que pode acarretar alguns distúrbios, como a insônia. Além do pijama (ou de qualquer outra roupa que você use), existem também os lençóis, fronhas, edredons e cobertores.

“Dormir com pouca roupa, roupa muito leve ou sem roupa, com um tecido que seja respirável, pode ser opção para tentar dormir melhor. Mas também precisamos lembrar do lençol, da fronha. Não é só a roupa do corpo, mas a própria cama que esquenta”, alerta Poyares.

Ela lembra que um sono de qualidade não depende só da roupa, mas de um quarto confortável – silencioso, com pouca iluminação, arejado, nem úmido e nem seco.

Um sono de qualidade não depende só da roupa — Foto: Freepik

Dormir sem roupa é bom…

Para a saúde íntima?
Especialistas explicam que dormir sem calcinha contribui para a prevenção de infecções, como a candidíase. Mas isso não significa que a mulher precisa deitar-se completamente sem roupa, basta usar shorts ou pijama largo sem a peça íntima.

Já para os homens não costuma fazer diferença e não há estudos de casualidade a respeito dos benefícios, vai depender do gosto de cada um.

“Sabe-se que temperaturas escrotais elevadas afetam negativamente a função testicular. No entanto, não se sabe ao certo qual o impacto do tipo de roupas íntimas utilizadas pelos homens na produção de espermatozoides”, explica Eduardo de Paula Miranda, coordenador do Departamento de Andrologia, Reprodução e Sexualidade da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

Para a nossa pele?
Ligia Novais, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explica que dormir nu não traz benefícios para a pele de uma forma geral. Mas ela cita a pele dos pés, onde o mais indicado é sempre manter o local o menos abafado possível durante a noite, já que é uma área mais úmida e que, entre os dedos por exemplo, tem mais chances de desenvolver condições fúngicas.

Sobre a pele em geral, o alerta vai para a roupa de cama. “É o local perfeito para a proliferação de fungos e bactérias. Eles podem desequilibrar o microbioma da pele do rosto e do corpo podendo causar acne e infecções. Por isso, é essencial manter lençóis, edredons e fronhas limpos”, comenta Novais.

Para os casais?
Dormir sem roupa com o par pode aumentar a intimidade do casal, o desejo e pode ajudar a reduzir o estresse. O contato pele a pele estimula a produção de ocitocina, um hormônio do bem-estar que promove sentimentos de segurança e amor, reduzindo a ansiedade.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias