OPORTUNIDADE – Concurso IBGE vai abrir 180 MIL vagas de nível fundamental para recenseador

Concurso - segunda-feira, 02/03/2020 às 09h12min
OPORTUNIDADE – Concurso IBGE vai abrir 180 MIL vagas de nível fundamental para recenseador

Até dia 6 de março! Essa é a data prevista para publicação dos editais do concurso IBGE 2020. O Cebraspe é o organizador do certame e informou que os documentos, que estavam marcados para sair em fevereiro, estão em fase de elaboração.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deverá abrir 208 mil vagas para ingresso de contratados para realização do Censo Demográfico 2020 em todo o país. Os editais de março vão ofertar nada menos que 180.557 vagas para o cargo de recenseador. A carreira exige o ensino fundamental completo, com uma média de salário de R$ 1.278,94, o que depende da produtividade do profissional.

Além dessa oportunidade, o concurso também trará 5.462 chances para agente censitário municipal e 22.676 para agente censitário supervisor. Ambos exigem nível médio e os salários serão de R$ 2.100 e R$ 1.700, respectivamente.

Recenseador – 180.557 vagas – ensino fundamental – média de R$ 1.278,94
Agente Censitário Municipal – 5.462 vagas – ensino médio – R$ 2.100
Agente Censitário Supervisor – 22.676 vagas – ensino médio – R$ R$ 1.700
Os agentes terão contrato com duração de cinco meses, enquanto que o recenseador irá atuar inicialmente por três meses.

Sobre as provas
Com vigência nacional, o concurso terá provas objetivas simultaneamente em 4.612 municípios brasileiros, no caso do cargo de agente, e em 5.569 cidades,para recenseador.

Os exames serão realizados nos 26 estados e Distrito Federal, e serão compostos por 60 questões para agentes e 50 questões para os recenseadores, distribuídas entre os seguintes conteúdos:

Recenseador – 50 questões

Conhecimentos técnicos (25);
Língua Portuguesa (10);
Matemática (10);
Ética no Serviço Público (5).

Agentes – 60 questões

Conhecimentos técnicos (20);
Noções de Administração/Situações Gerenciais (15);
Língua Portuguesa (10);
Raciocínio Lógico Quantitativo (10);
Ética no Serviço Público (5).

As provas do Cebraspe são tradicionalmente do tipo certo ou errado, sendo que cada questão marcada incorretamente, anula uma certa no gabarito. Porém, o projeto básico do concurso mudou esse formato.

Sendo assim, o modelo de avaliação do Cebraspe não será usado, e as provas objetivas serão compostas por questões de múltipla escolha, sendo cada questão com cinco opções e apenas uma correta.

Os aprovados no concurso deverão ser convocados até o mês de agosto para iniciar a coleta de dados do Censo que vai de agosto a outubro.

O concurso IBGE foi autorizado no mês de maio de 2019 e previa a abertura de mais de 225 mil vagas. No entanto, mesmo com o número inferior ao previsto, as oportunidades permanecem atraentes.

Por O Rondoniense


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email