Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020

Notícias de Concurso

Polícia Civil libera edital com 300 vagas para o cargo de escrivão

Postado em 10/12/2019 às 10h22min


Polícia Civil libera edital com 300 vagas para o cargo de escrivão

O concurso PC DF (Polícia Civil do Distrito Federal) teve um dos seus regulamentos iminentes já publicado! Trata-se do edital 1/2019, que abre 300 vagas para o cargo de Escrivão de Polícia, com processo seletivo sob a responsabilidade do Cebraspe.

O cargo em disputa requer diploma de curso de graduação em qualquer área de formação. A remuneração (subsídio) é de R$ 8.698,78, com jornada de 40 horas semanais e dedicação exclusiva, de tempo integral, não sendo compatível com outra atividade pública ou privada.

Além da escolaridade mínima, os candidatos precisam ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade mínima de 18 anos e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B” ou superior em plena validade. Demais requisitos devem ser atentamente conferidos no edital.

Do total de vagas anunciadas, 225 são vagas de ampla concorrência, 15 são para pessoas com deficiência e 60 vagas para negros.

Atividades do Escrivão

Os servidores que forem efetivados, segundo o edital, cumprirão as formalidades legais de polícia judiciária necessárias aos inquéritos, termos circunstanciados, sindicâncias, processo administrativo disciplinar e outros serviços cartorários de apoio à autoridade policial.

Valor e forma de inscrição

A inscrição para o concurso PC DF custa R$ 199,00 e pode ser feita de 10h do dia 22 de janeiro até 18h de 10 de fevereiro de 2020, por meio do acesso à página do Cebraspe.

Seleção dos candidatos ao concurso PC DF

O concurso PC – DF fará a seleção dos candidatos por meio das seguintes fases sequenciadas:

  • Provas objetivas, com valor de 120 pontos;
  • Prova discursiva: valerá 30 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas da atualidade;
  • Prova prática de digitação: durará 10 minutos, com valor de 10 pontos, consistindo na digitação de um texto predefinido de, aproximadamente, dois mil caracteres;
  • Exames biométricos e avaliação médica;
  • Prova de capacidade física;
  • Avaliação psicológica;
  • Sindicância de vida pregressa e investigação social;
  • Curso de formação profissional.

Todas essas fases seletivas, inclusive a avaliação biopsicossocial (candidatos com deficiência e procedimento de heteroidentificação) serão realizadas prioritariamente no Distrito Federal.

As provas objetivas e a prova discursiva deverão durar quatro horas e meia e estão previstas para aplicação no dia 15 de março de 2020, no turno da tarde. O gabarito preliminar deverá ser liberado dois dias depois da aplicação.

Por G1