Museu da Memória Rondoniense prepara Cantata de Natal e leva solidariedade para famílias refugiadas

Cultura - quinta-feira, 12/12/2019 às 09h06min • Atualizado 14/02/2020 às 14h30min
Museu da Memória Rondoniense prepara Cantata de Natal e leva solidariedade para famílias refugiadas

O Museus da Memória Rondoniense realiza na próxima sexta-feira (13), a partir das 19h, nas escadarias da antiga sede do Poder Executivo de Rondônia, em Porto Velho, a primeira edição da Cantata de Natal, que além de promover uma linda festa, está arrecadando alimentos não perecíveis para as famílias refugiadas de venezuelanos.

As festividades natalinas, realizadas pelo Governo de Rondônia, tiveram início na última quinta-feira (6), com a abertura do Natal de Luz no Palácio Rio Madeira.

“Já estamos finalizando os preparativos para esta Cantata de Natal. Nós teremos dez corais com 200 participantes que vão se apresentar aqui. Será uma noite de grandes emoções e solidariedade, vamos arrecadar alimentos e ajudar as famílias refugiadas”, destacou a diretora do Museu, Ednair Nascimento.

Segundo a diretora, o evento é gratuito e aberto ao público, e o museu estará de portas abertas durante o evento para visitação. A decoração e iluminação está sendo realizada através de parcerias com uma empresa fornecedora de energia elétrica, além do Ministério Público e da Cáritas, organização humanitária que está acolhendo os refugiados na capital.

O coral das famílias refugiadas promete emocionar o público, além dos corais da Usina de Jirau, Presépio Vivo, entre outras atrações. A noite será de grandes emoções, com as músicas cantadas por crianças e adultos, em pelo menos três idiomas: português, espanhol e inglês e até alguns dialetos africanos.

“A ideia é fazer com que a comunidade conheça o Museu da Memoria Rondoniense e possa viver conosco esse momento natalino, além de ajudar as famílias refugiadas doando um quilo de alimento não perecível nos pontos de coleta, no próprio museu e na Cáritas (Rua Dom Pedro II com Gonçalves Dias). Aguardamos toda a população”, ressaltou a diretora.

O local já está decorado com a iluminação natalina, o que chamou a atenção do Márcio Rodrigues. O técnico florestal elogiou a iniciativa. “Essa iniciativa do governo é muito boa, já que muitas vezes as pessoas que moram sozinhas ou que não possuem parentes aqui ficam sem opções do que fazer no natal. E poder prestigiar uma cantata como essa nos relembra o significado do natalino, o companheirismo e a união”.

Por Secom