Search
Close this search box.
Publicidade

Patrícia Pillar rebate novo ataque a Ciro Gomes

Os dois foram casados por 18 anos
Publicidade

A atriz Patrícia Pillar, 58, respondeu a um comentário no Twitter após um vereador citar uma falsa notícia envolvendo ela e seu ex-marido, o candidato à presidência Ciro Gomes, 64 (PDT). Os dois foram casados por 18 anos.

“Você tem advogado? É bom arranjar um porque vai precisar”, escreveu em seu perfil. Na noite do último domingo (28), Vinicius Aith (PRTB), vereador de Sorocaba e candidato a deputado estadual por São Paulo escreveu: “Ciro falando em defesa das mulheres. Eu não esqueci das pancadas na Patrícia Pillar hein”.

Publicidade

Algum tempo depois, ele apagou a publicação. Além do político, a deputada federal Major Fabiana (PL), candidata à reeleição, também citou o nome de Ciro ao falar de violência doméstica. “Ao ladrão alcoólatra, ao Ciro que bate em mulher, ao Novo Vida louca, a Senadora Traíra e a Tebet Oportunista: deixem a condução do país com os adultos. Vocês são repugnantes”, escreveu.

Na segunda-feira (29), a atriz publicou uma carta aberta em seu Twitter após uma fala do presidente Jair Bolsonaro (PL) repercutir depois do debate na Band. Se dirigindo a Ciro, o político disse: “Você falou que a função mais importante da sua esposa era dormir contigo. Pelo amor de Deus peça desculpas aí também”.

No Twitter, Pillar afirmou que seu ex-marido havia dito a “frase infeliz” mas que já tinha pedido desculpas e sido perdoado por ela. “A partir dessa entrevista, adversários sem caráter criaram uma mentira sórdida sobre uma agressão que nunca aconteceu. Quem insistir em disseminar essa fake news perversa sofrerá as devidas medidas judiciais.”

Ela ainda falou que até os dias de hoje, mesmo estando separados há 11 anos, continua admirando e respeitando o político. “E por acreditar em seu projeto para o futuro do Brasil, terá meu voto”, finalizou ela, declarando seu voto no primeiro turno das eleições.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias