Siga nossas redes sociais

Quinta-feira, 20/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Esporte

Carille revela que se inspirou no Palmeiras da Libertadores para bater o Flamengo

A vitória paulista por 2 a 1 no Estádio Centenário, em Montevidéu, foi avaliada com carinho pelo treinador santista

WhatsApp
Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022

Fábio Carille surpreendeu nos vestiários do Maracanã ao declarar como armou o Santos para ganhar do Flamengo por 1 a 0 e garantir a permanência da equipe paulista na elite do Brasileirão. O treinador se inspirou no Palmeiras de Abel Ferreira na decisão da Copa Libertadores.

A vitória paulista por 2 a 1 no Estádio Centenário, em Montevidéu, foi avaliada com carinho pelo treinador santista. Depois de perder por 4 a 0 na Vila Belmiro do Flamengo, no primeiro turno, era questão de honra se vingar no Rio e Carille avaliou todos os erros na decisão da América para surpreender os cariocas.

“Não tenho melindre e vaidade para falar o que eu penso e pensei sobre esse jogo. Analisei muito a final da Libertadores. Palmeiras fez um 5-4-1 muito bem e trouxemos para os treinos”, revelou o técnico. “Com velocidade pelos lados com Marinho e Marcos Guilherme, com centroavante de movimentação, dois volantes bem posicionados… Foi muito parecido e com as diferenças por característica dos jogadores. 5-4-1 sem bola funcionou muito bem e atacamos com 3-4-3”, seguiu.

De quebra, aproveitou para elogiar seus jovens jogadores. A personalidade apresentada no Maracanã foi exaltada pelo comandante santista, que ainda tem compromisso com o Cuiabá na Vila Belmiro, quinta-feira. Garantido na Copa Sul-Americana, o Santos ainda tem chance mínima de vaga na Copa Libertadores.

“1 a 0 está bom! Para que 2 ou 3 em jogo desse? O Ângelo joga no Maracanã com 60 mil como se estivesse no quintal da casa. Kaiky e Marcos Leonardo também. Outros requerem mais experiência. Eles ganham cancha nesses momentos. Isso mostra personalidade, maturidade”, observou. “Se tornam mais atletas e profissionais. Quem ganha é o técnico, o clube e a torcida. E para conhecer a personalidade de cada um vai tempo. Vai tempo para conhecer. Trabalho longo do técnico é importante para saber onde ser pai ou ser mais duro”.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Estadão Conteúdo

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Esporte

Compartilhe esta notícia: