Search
Close this search box.
Publicidade

Fã de DBZ, canoísta Isaquias comemora ouro com ‘kamehameha’ no pódio

Na entrevista coletiva que concedeu, ele explicou por que escolheu essa forma de comemorar. "Eu estou no Japão, terra do anime, do Goku, então..."
Publicidade

No pódio após conquistar a medalha de ouro, o canoísta Isaquias Queiroz simulou o gesto de um “kamehameha”, golpe utilizado por personagens do mangá e anime japonês “Dragon Ball”.

Na entrevista coletiva que concedeu, ele explicou por que escolheu essa forma de comemorar. “Eu estou no Japão, terra do anime, do Goku, então…”, disse.
“Eu via Dragon Ball desde criança. E hoje eu ainda assisto, quando sai uns anime mais novos. Aí eu falei: ‘Cara, se eu ganhar, vou fazer o kamehameha lá na frente’. Mas já tem tempo que tinha falado isso a algumas pessoas. E teve gente duvidando”, completou.

Publicidade

Ele contou ainda que alguém, que não se lembra quem era, afirmou que iria tatuar a cena. “Preciso descobrir quem foi, vou cobrar.”

“Eu sou Isaquias, não posso subir no pódio tranquilo. Eu queria fazer uma coisa diferente também. O ‘L’ foi para a minha esposa [Laina] e tentei fazer o ‘D’ da minha mãe, dona Dilma.”

Isaquias conquistou nas Olimpíadas do Japão a medalha dourada na competição C1 1.000 metros da canoagem velocidade.

Foi o quarto pódio do atleta baiano em duas Olimpíadas. Na Rio-2016, ele levou a prata nas provas individual (C1) e em dupla (C2, com Erlon Souza) dos 1.000 m, além do bronze nos 200 m.

Anúncie no JH Notícias