Ji-Paraná vence Nacional em Manaus e se classifica para fase de grupos da Série D

Esporte - segunda-feira, 14/09/2020 às 08h57min
Ji-Paraná vence Nacional em Manaus e se classifica para fase de grupos da Série D
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Jipa entra no grupo 1, que conta com Atlético-AC Bragantino, Fast, Galvez-AC, Independente-PA, Rio Branco-AC e Vilhenense-RO. Nacional fica à espera de decisão sobre o Amazonense, mas só volta a campo em 2021

Resumão

O Ji-Paraná vai disputar a Série D pela primeira vez na história. A equipe rondoniense voltou a vencer o Nacional neste domingo, dessa vez por 2 a 1, na Arena da Amazônia, em Manaus, e despachou o rival amazonense, que perdeu nas duas partidas. Os gols da vitória foram marcados por Marabá e Renan. Jackie Chan descontou de pênalti nos acréscimos.

E agora?

Com a classificação, o Jipa avançou para o grupo 1, que conta com Atlético-AC Bragantino, Fast, Galvez-AC, Independente-PA, Rio Branco-AC e Vilhenense-RO. A estreia será contra o Atlético-AC, no próximo final de semana, em local e horários a serem definidos.

Primeiro tempo

Em desvantagem de um gol, o Nacional tentou propor o jogo desde o primeiro minuto, mas esbarrou na forte marcação do Jipa, que posicionado no 4-1-4-1, tentava sair nos contra-ataques. Mesmo tomando a iniciativa, o Naça tinha dificuldade para infiltrar na defesa adversária. Assim, forçou os cruzamentos e os chutes de longe.

Num deles, Guilherme Adolfo obrigou Dida a fazer grande defesa. E, na melhor chance do time da casa, Wander arrancou com velocidade do meio de campo, entrou na área, mas adiantou a bola na hora “h” e desperdiçou. Enquanto isso, os visitantes eram perigosos nas bolas paradas, sempre com Kabrine. Numa delas, aos sete, Lucão fez grande defesa para salvar o Naça.

Segundo tempo

Se a vida do Leão da Vila Muncipal já era difícil, ficou mais complicado logo com dois minutos do segundo tempo. Watthimen recebeu de Ícaro dentro da área, fez grande jogada individual e chutou cruzado. Marabá, em posição duvidosa, colocou o peito na bola e empurrou para o fundo das redes. O desespero tomou conta do Naça, que sem conseguir criar novas chances, apelou para as arrancadas individuais de Jackie Chan.

Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

As melhores chances do clube foram com Raphael Carioca, que entrara no lugar de Ivamar no intervalo. Primeiro ele desperdiçou passe por trás da defesa de Guilherme Adolfo e depois um cruzamento na medida de Leozinho. Ainda deu tempo para Renan aumentar o placar e de Jackie Chan, nos acréscimos, fazer o gol de honra nacionalino, de pênalti.

Por Globoesporte.com


Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email