Search
Close this search box.
Publicidade

Jogadora campeã de futsal morre aos 20 anos de hepatite autoimune em SP

Pietra Medeiros estava internada desde o início do mês e chegou a fazer uma cirurgia de fígado na quarta-feira (17). Ela era atleta da equipe de futsal feminino de Taboão da Serra
Publicidade

A jogadora de futsal Pietra Medeiros, de 20 anos, morreu na noite desta sexta-feira (19), em São Paulo. Ela estava internada em estado grave desde o início do mês com um diagnóstico de hepatite autoimune. Na quarta-feira (17), ela piorou e fez um transplante de fígado, mas não resistiu.

A atleta jogava pelo time Taboão Magnus, de Taboão da Serra. Pi Medeiros, como era conhecida, foi campeã da Copa Libertadores da América de Futsal de 2022. A jogadora era considerada uma das maiores revelações da categoria no país.

Publicidade

O clube fez uma postagem nas redes sociais lamentando a morte da jogadora ” é com muito pesar que comunicamos o falecimento da nossa atleta Pietra. Agradecemos a todos que se uniram nesses últimos dias desafiadores e oraram por ela”. O velório de Pietra deve acontecer neste sábado, em Taboão da Serra.

Amigos do esporte também lamentaram a morte de Pietra. O maior jogador da história do futsal, Falcão, foi um deles. “Meu Deus”, postou.

O técnico da seleção brasileira de Futsal, Marquinhos Xavier, também lamentou: “Sinto muito, em meu nome e da Seleção Brasileira de Futsal externo os sentimentos aos familiares, amigos e amantes do futsal pela perda de uma grande guerreira da nossa modalidade”.

Anúncie no JH Notícias