Notícias de Esporte

Na Liga dos Campeões, PSG reinicia corrida pelo título que é obsessão

Nesta terça-feira, Neymar e companhia estreiam contra o Liverpool

Postado em 18/09/2018 às 09h11min


Na Liga dos Campeões, PSG reinicia corrida pelo título que é obsessão

Com o histórico de gastos exorbitantes e frustrações que de proporção semelhante, o Paris Saint-Germain inicia nesta terça-feira mais umana Liga dos Campeões da Europa. A rota rumo ao sonho de conquistar o título continental começa em Liverpool, diante do time vice-campeão na temporada passada. A bola rola em Anfield, no norte da Inglaterra, às 16h (de Brasília).

Desde que ganhou a injeção dos petrodólares, o mais longe que o PSG chegou foi às quartas de final. Para completar, nas últimas duas edições o time francês caiu nas oitavas de final: uma depois de uma virada improvável diante do Barcelona e outra frente ao futuro campeão Real Madrid.

Por ter a companhia do Liverpool, o PSG está em um dos grupos “da morte” da atual edição. A chave ainda tem Napoli e Estrela Vermelha. Com a dupla Neymar e Mbappé, o PSG nunca chegou tão badalado à Liga. A ordem é não esquecer o passado recente para que os erros não sejam repetidos.

— As derrotas e tristezas te dão algo a mais para poder voltar mais forte. É sempre difícil de esquecer — disse o zagueiro brasileiro Thiago Silva, que citou o drama pessoal quando jogava no Dinamo Moscou (o período de quatro meses internado com tuberculose) como motivação na carreira.

O encontro entre Liverpool e PSG também coloca frente a frente dois técnicos alemães com trajetória parecida. Na verdade, um é herdeiro do outro. Jürgen Klopp, hoje no time inglês, comandou o Mainz e foi substituído em 2009 por Thomas Tuchel. Na sequência, Klopp treinou o Borussia Dortmund. Quando deixou o clube, em 2015, rumo ao Liverpool, quem assumiu em seguida foi justamente Tuchel, que inicia nesta temporada o trabalho no PSG. Agora, o duelo nos tempos de Alemanha se repete na Liga dos Campeões.

— Thomas é um técnico incrível. Foi uma decisão muito boa do PSG de ir buscá-lo. Eles têm um grande técnico, grandes jogadores, será um desafio enorme para nós. Mas eu amo desafios. Mesmo se não fosse treinador do Liverpool, iria assistir a esse jogo. Do banco, não tenho a melhor visão, mas vou apreciar do mesmo jeito — disse Klopp.

BARÇA EM AÇÃO

Na outra chave que é considerada “da morte”, o Grupo B, o Barcelona estreia contra o PSV, enquanto o Tottenham Hotspur recebe em Wembley a Internazionale de Milão. Ambos os jogos são às 14h (de Brasília).

Por oglobo