Nigeriano jogou contra a Argentina após descobrir sequestro do pai

A Nigéria perdeu o jogo por 2 a 1 e foi eliminada da fase seguinte do Mundial

Esporte - quarta-feira, 04/07/2018 às 11h07min • Atualizado 12/12/2019 às 14h40min
Nigeriano jogou contra a Argentina após descobrir sequestro do pai
© REUTERS/Henry Romero

O capitão da seleção da Nigéria, John Obi Mikel, entrou em campo contra a Argentina, no último dia 26, quatro horas depois de ser informado que seu pai havia sido sequestrado no pais africano.

Sob ameaças de morte ao familiar, Mikel não pôde informar às autoridades sobre a situação de risco. Ele também decidiu não compartilhar a informação com os companheiros de time para não desestabilizar a equipe.

+ SOBRE ESPORTES

“Eu precisei fechar tudo em minha cabeça e representar o meu país”, disse nesta terça-feira (3).

A Nigéria perdeu o jogo por 2 a 1 e foi eliminada da fase seguinte do Mundial.

O pai do jogador foi resgatado nesta segunda (2), após uma ação das forças de segurança da Nigéria. Segundo o jogador, o familiar foi torturado e sofria ameaças constantes durante o período que ficou em cativeiro. Ele já havia sido sequestrado em agosto de 2011.


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email