Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

AÇÃO RÁPIDA – Suspeito de duplo homicídio foi preso em escritório de advocacia; comparsa é detido horas antes

Vinícius, que é Caçador, Atirador e Colecionador (CAC), foi detido no escritório de seu advogado, enquanto negociava uma apresentação espontânea.
Publicidade

Vinícius Walace C., 28 anos, acusado de matar a ex-mulher Jaine Lemos e o namorado dela, Everaldo Oliveira Santos, 34 anos, foi preso na noite de quarta-feira (29) por agentes da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida (DERCCV). Vinícius, que é Caçador, Atirador e Colecionador (CAC), foi detido no escritório de seu advogado, enquanto negociava uma apresentação espontânea.

Os agentes da Delegacia de Homicídios localizaram e apreenderam a pistola calibre .45 utilizada no duplo homicídio. A arma estava no escritório de advocacia onde Vinícius foi encontrado. A investigação revelou que o crime foi planejado, com Vinícius tomando decisões deliberadas na noite do ocorrido.

Publicidade

Segundo informações da polícia, Vinícius estava em uma conveniência com o amigo Railson F. da S., 28 anos, na noite do crime. Jaine foi vista no local em determinado momento, mas saiu logo depois. Após o assassinato, os policiais encontraram áudios no celular de Jaine em que Vinícius a ameaçava de morte, dizendo: “Estou pronto para aparecer no jornal amanhã”, demonstrando sua intenção de cometer o crime.

Railson F. da S., comparsa de Vinícius, foi preso na tarde de quarta-feira (29) em uma residência na Rua Carlos Ries, bairro São Francisco, na zona Leste de Porto Velho. As autoridades acreditam que Railson teve um papel significativo no planejamento e execução do crime.

O duplo homicídio ocorreu no último final de semana em uma casa no bairro Nova Floresta, na zona Sul de Porto Velho. Vinícius, que já tinha um mandado de prisão decretado pela Justiça a pedido da 2ª Delegacia de Homicídios, foi preso sem possibilidade de fuga, uma vez que estava sob custódia no momento da negociação no escritório de um conhecido advogado criminal.

A polícia continua investigando os detalhes do crime e as motivações de Vinícius e seu comparsa. Os agentes estão trabalhando para esclarecer todos os aspectos do caso e garantir que a justiça seja feita para as vítimas e suas famílias.

Este trágico incidente destaca a importância de uma resposta rápida e eficiente das autoridades de segurança pública na repressão a crimes graves, especialmente aqueles envolvendo violência doméstica e homicídios.

O que diz a defesa?

O senhor Vinícius Wallace solicitou a defesa constituída sua espontânea apresentação a polícia civil do estado de Rondônia. Prontamente os advogados entraram em contato com membros da polícia e marcaram encontro no escritório da equipe.

Os fatos em questão serão devidamente explorados durante o processo judicial.A verdade real dos fatos e as circunstâncias que nortearam a conduta do acusado, virão a tona em momento oportuno.

No mais a defesa lamenta a morte das vítimas envolvidas e se solidariza com os familiares.

Anúncie no JH Notícias