Search
Close this search box.
Publicidade

Advogado é morto com tiro em escritório na zona Norte de Porto Velho

Os policiais notaram que era necessário arrombar a porta para que a equipe do Samu pudesse prestar socorro ao advogado.
Publicidade

Na madrugada desta sexta-feira (18), uma triste tragédia abalou a tranquilidade do bairro Alphaville, localizado na zona Norte da capital rondoniense.

O advogado Fabrício da Costa Bensiman, de 39 anos, foi vítima de um tiro à queima-roupa na cabeça, resultando em sua morte. Apesar dos esforços da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao levá-lo ao hospital João Paulo II, o advogado não conseguiu sobreviver.

Publicidade

De acordo com relatos da esposa da vítima, o marido acordou de forma aparentemente agitada durante a madrugada. Em um esforço para acalmá-lo, ela tentou tranquilizá-lo, mas Fabrício se dirigiu ao seu escritório e trancou a porta.

Passados alguns minutos, um estampido de arma de fogo ecoou pela residência. Desesperada, a esposa chamou imediatamente a Polícia Militar e o Samu para a cena do incidente.

Ao chegar ao local, os policiais notaram que era necessário arrombar a porta para que a equipe do Samu pudesse prestar socorro ao advogado.

Uma pistola pertencente à vítima foi apreendida pelas autoridades, juntamente com 30 munições íntegras e uma munição deflagrada.

A trágica ocorrência ressalta a importância de investigações minuciosas para compreender as circunstâncias que levaram a esse acontecimento fatal e trágico.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias