Search
Close this search box.

AMARRADO – Cadáver em decomposição é encontrado em represa de usina

A vítima vestia camiseta roxa, calça de cor escura e estava com mãos amarradas para trás. Os pés também estavam amarrados por uma corda.
Publicidade

Um corpo sem identificação foi localizado nesta quinta-feira (3), na represa na Usina de Jirau, por trabalhadores que realizavam a retirada de madeiras pelo local. A vítima não portava documentos.

Conforme informações apuradas pela reportagem, o operador da escavadeira que realiza a retirada das madeiras que descem pelo Rio Madeira informou ao seu superior sobre ter avistado um cadáver humano boiando na represa.

Publicidade

O corpo foi retirado pela Brigada de Emergência e levado para terra firme. A vítima vestia camiseta roxa, calça de cor escura e estava com mãos amarradas para trás. Os pés também estavam amarrados por uma corda.

Algumas partes do corpo, pele e órgãos foram devoradas por peixes. Foi realizada perícia técnico científica e posteriormente o corpo foi removido pelo rabecão ao Instituto Médico Legal (IML), na capital.

Anúncie no JH Notícias