Siga nossas redes sociais

Sexta-feira, 28/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Polícia

Assassino de eletricista foi preso no dia do aniversário e descansava para comemorar

Os policiais conseguiram levantar informações sobre o paradeiro de Evandilson, que estava escondido em uma panificadora que é de sua propriedade.

WhatsApp
Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022

O foragido da justiça Evandilson Veloso de Oliveira, 42 anos, foi preso após intensas investigações da Polícia Militar, através do Núcleo de Inteligência (NI) do 5º e 9º Batalhão da PM. A prisão do foragido ocorreu em uma panificadora na Rua Raimundo Cantuária, Bairro Jardim Santana, área leste da capital.

Os policiais conseguiram levantar informações sobre o paradeiro de Evandilson, que estava escondido em uma panificadora que é de sua propriedade.

No local, os policiais dormem o foragido dormindo em um quarto no mesmo prédio onde funciona a padaria.

Questionado, Evandilson relatou que estava descansando para poder comemorar seu aniversário, nesta sexta (3).

Ele recebeu voz de prisão, e foi encaminhado para o Departamento de Flagrantes, de onde foi levado para o presídio.

O crime

O jornal apurou, que, durante conversa preliminares com investigadores, o assassino confesso alegou que estava sendo extorquido por funcionários de empresas que prestam serviços terceirizados para a Energisa.

Disse ainda que conhecida uma multa de R $ 10 mil e após isso começado como supostas extorsões para que não recebesse outras multas.

Banners da campanha da segunda dose da vacina do Governo de Rondônia

No dia 31 de janeiro de 2020, Evandilson passou em frente à residência que Gerson Francisco Nunes, 46 anos, realizava um trabalho, no Bairro Aponiã e executou uma vítima de tiros.

As imagens de segurança de segurança o criminoso chegando em um Fiat Strada. Em seguida ele aparentemente atira contra o eletricista. Gerson então reage e briga com o criminoso, mas é atingido com coronhadas. Em seguida foi obtida os tiros.

Um dia após o crime, dia 1 de fevereiro, Evandilson foi localizado pelos pesquisadores da Delegacia de Homicídios com o apoio de policiais militares em uma residência no bairro Mariana e encaminhado para uma delegacia.

O acusado prestou depoimento acompanhado de um advogado, mas foi liberado por não estar em estado de flagrante.

Já no final da manhã do dia 2 de fevereiro, a justiça decretou a prisão preventiva contra Evandilson, mas ele não foi mais localizado e passou a ser considerado foragido.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Rondoniagora

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Polícia

Compartilhe esta notícia: