Bandidos invadem casa de militar aposentado, fazem família refém e fogem levando caminhonete

Polícia - quarta-feira, 18/07/2018 às 11h19min
Bandidos invadem casa de militar aposentado, fazem família refém e fogem levando caminhonete
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

O crime ocorreu por volta das 20h00 de terça-feira, 17, quando dois meliantes encapuzados e armados invadiram a residência do tenente aposentado da Polícia Militar, Ronaldo Queiroz, localizada no Barão do Melgaço III, em Vilhena.

De acordo com o registro da ocorrência, o militar e seus familiares estavam na sala assistindo TV, quando os infratores invadiram o imóvel, sendo que um destes portava um revólver calibre 38. Após agredirem o militar com coronhadas, amarrar as vítimas e trancá-las em um dos quartos, os agentes fugiram levando vários aparelhos celulares e a caminhonete Toyota Hilux, de propriedade do tenente.

Assim que os infratores saíram da casa, o militar conseguiu se soltar e retirou as demais vítimas do local, porém, devido um dos suspeitos ter deixado um aparelho celular de sua propriedade na cena do crime, o policial avistou o momento em que os mesmos voltaram ao imóvel e ao perceberem que as vitimas já não estavam mais onde tinham deixado, fugiram novamente, sentido a BR-174.

Guarnições da Polícia Militar realizaram diligências e lograram êxito na recuperação da caminhonete, que havia sido abandonada em uma estrada vicinal, nas proximidades da Cooperfrutos, na saída para Juína. Dentro do veículo estavam três aparelhos celulares de propriedade das vítimas, um capuz, um coldre, dentre outros objetos.

Diante da impossibilidade da localização dos agentes do crime, o veículo foi conduzido até a cidade para passar por perícia técnica. O aparelho celular, que um dos suspeitos deixou na residência das vítimas e que foi recolhido pelo tenente, também foi encaminhado para a Politéc.


Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email